Brusque - SC 2 x 0 Ituano - SP - Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D 2019

Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D - 2019

Semi Finais | GRUPO E01 | Jogo: 264
Augusto Bauer - Brusque - SC Domingo, 04 de Agosto de 2019 16:00
Brusque - SC

Brusque - SC

Decisão nos pênaltis 4 3
Ituano - SP

Ituano - SP

De olho no título

Brusque vence o Ituano nos pênaltis e avança à final da Série D

Jogando em casa, equipe catarinense venceu o Ituano na disputa de pênaltis e vai encarar o Manaus na decisão da Série D

Foi na emoção dos pênaltis que o Brusque carimbou a vaga para a grande decisão da Série D! Neste domingo (4), no Augustou Bauer, a equipe catarinense venceu o Ituano no tempo normal por 2 a 0 e devolveu a derrota sofrida no primeiro jogo. Com o resultado, a partida se encaminhou para as penalidades e mais uma vez o time da casa levou a melhor, com um triunfo por 4 a 3. 

Na final da competição, o Brusque terá pela frente o Manaus, que eliminou o Jacuipense no último sábado. 

O jogo

Precisando da vitória depois de perder o primeiro jogo por 2 a 0, o Brusque dominou o primeiro tempo da partida. O bombardeio do time da casa começou aos cinco minutos de bola rolando. Jeferson Renan arriscou o chute e Pegorari evitou o gol. Dois minutos depois, o goleiro do Ituano fez mais uma grande defesa após finalização de Thiago Alagoano. Aos dez, Jeferson Renan teve nova chance e novamente Pegorari salvou o time paulista. Na marca dos 17, os catarinenses enfim abriram o placar no Augusto Bauer. Airton fez cruzamento, Fio subiu mais que a marcação e mandou para o fundo das redes: 1 a 0. A partir daí o ritmo do confronto diminuiu. Minutos antes do intervalo, o Ituano chegou pela primeira vez em cobrança de falta de Corrêa.

Na volta do intervalo, o Brusque seguiu pressionando. Aos sete, após cobrança de escanteio, Junior Pirambu cabeceou com perigo. Dez minutos depois saiu o segundo do time da casa. Thiago Alagoano recebeu bom passe, ficou de frente para o gol e bateu colocado sem dar chances para o goleiro do Ituano. Aos 31, os catarinenses tiveram ótima chance de ampliar, mas Pegorari, em dia inspirado, defendeu a cobrança de pênalti de Junior Pirambu. Três minutos depois, foi a vez do Ituano assustar. Após bola alçada na área, Adilson testou firme para boa defesa de Dida. Sem mais bola na rede a partida se encaminhou para as penalidades. 

Nas cobranças, Thiago Alagoano, Airton, Thiago Henrique e Zé Matheus converteram para o Brusque, que também contou com uma defesa do goleiro Dida para carimbar a vaga para decisão da Série D. 

ÁRBITROS EM CAMPO

Função Nome Categoria Federação
Árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda AB RJ
Árbitro Assistente 1 Luiz Claudio Regazone AB RJ
Árbitro Assistente 2 Carlos Henrique Alves de Lima Filho AB RJ
Quarto Árbitro Philip Georg Bennett CD RJ

DOCUMENTO DO JOGO

  • Súmula

  • Boletim Financeiro

  • Relatório de Jogo

  • 12 Dida
  • 6 Airton
  • 4 Magrão
  • 3 Cleyton
  • 7 Thiago Alagoano
  • 5 Ze Mateus
  • 10 Romarinho
  • 11 Jefferson Renan
  • 16 Leilson
  • 8 Fio
  • 17 Thiago
  • 2 Edilson
  • 9 Aldevan
  • 18 Vinicius
  • 1 Pegorari
  • 6 Alessandro
  • 8 Correa
  • 5 Paulinho Dias
  • 10 Marco
  • 16 Luiz Henrique
  • 11 Claudinho
  • 19 Marcelinho
  • 4 Leo Rigo
  • 9 Rodrigo
  • 20 Adilson
  • 2 Fellipe
  • 7 Marcos
  • 3 Mateus
RESERVAS
  • 1 Ze Carlos
  • 13 Negueti
  • 15 Rodney
  • 21 Otavio
  • 14 Marcelo
  • 19 Vicente
  • 12 Jamilson Silva
  • 14 Gustavo
  • 17 Rodrigo
  • 18 Maycon
  • 13 Choco
  • 15 Bernardo

PATROCINADORES

Futebol Brasileiro