Notícias

O Beach Soccer - a Profissionalização de um Grande Esporte




O Beach Soccer, modalidade que nasceu na década de 1990 e que hoje é praticada nos 5 continentes, foi inspirado no “futebol de praia” jogado no Rio de Janeiro, notadamente na Praia de Copacabana. O futebol de praia, com regras muito similares ao futebol tradicional – onze jogadores por equipe e um campo de cerca de 60 m – teve seu auge nos anos 70 com a organização de torneios com a participação de várias equipes e suas partidas sendo acompanhadas por um público que se aglomerava em pé ao redor do campo.

No início dos anos 90, durante a visita ao Rio de Janeiro, o ítalo-americano Giancarlo Signorini da The Beach Soccer Company da família Graham, se maravilhava com a grande habilidade e técnica dos jogadores de futebol de praia.

Em 1993, Signorini da TBSC idealizou o esboço das regras dessa nova modalidade e a TBSC  organizou uma competição sediada em Miami Beach que contou com equipes dos EUA, Brasil e Argentina. Entre os jogadores convidados estava Júnior, ídolo do Flamengo e da Seleção Brasileira de Futebol, e que se tornaria o grande ídolo como jogador e treinador da Seleção Brasileira de Beach Soccer.

A Koch Tavares, que contava com transmissões de beach volley ao vivo na TV Globo, com audiência que alcançava milhões de telespectadores, viu as opções do beach soccer sendo esporte da família do futebol. O Diretor-Presidente da Koch Tavares, Luis Felipe Tavares, acreditou no potencial da ideia e encarregou seu Diretor de Esportes de Praia, Fulvio Danilas, para desenvolver o projeto junto com Signorini. Também foi consultado um experto em TV de Los Angeles, que sugeriu que nos programas deveriam ter menos de 1 hora para coincidir das programas de séries americanas e ser de fácil programação 

A partir daí foram aperfeiçoados o formato e as regras que permanecem até hoje e que utilizaram conceitos adaptados às transmissões de TV, tais como 3 períodos cronometrados de 12 minutos cada e com intervalos de 3 minutos entre eles, que favorecem a programação de uma partida com cerca de 1 hora de duração como sugerido por profissionais da TV.

As regras incentivam à prática de um jogo dinâmico e plástico com jogadas “aéreas” e acrobáticas para evitar as irregularidades da superfície do campo de areia. Substituições ilimitadas favoreceram a participação de grandes ídolos do futebol mundial que contribuíram para a divulgação da modalidade.

Com isso, competições internacionais de Beach Soccer contaram com a participação de grandes ídolos do futebol nacional e internacional, mesmo com mais idade. Desta forma nosso Leovegildo Júnior foi o grande maestro desta parceria, chamando para participar os seus amigos e ídolos do futebol Edinho, Claudio Adão e o goleiro Paulo Sérgio e o maior ídolo de todos: Zico. Eles passaram a praticar este esporte de forma efetiva e se tornaram os ícones da Seleção Brasileira.

Outras regras interessantes que exemplificam a ideia de uma “modalidade espetáculo” são: toda falta é cobrada diretamente ao gol sem barreira, ajudando a evitá-las pois sempre significam uma grande oportunidade de marcar um gol, garantindo um espetáculo mais bonito e com poucas faltas.

As dimensões do campo foram adaptadas das medidas americanas que eram em jardas, por isto o campo tem 37 m x 28 m e área de gol 9 m.

Para conter as substituições irregulares – como quando um atleta entrava antes da saída de outro, foram usadas no início opções até curiosas, como o uso de catracas de ônibus na área de substituição.

Mais tarde, com a ajuda do grande árbitro de futebol José Roberto Wright, foram criadas as bases para as normas da arbitragem do Beach Soccer e passou-se a utilizar placas de substituição e a incluir a exclusão por 2 minutos como no handebol, hóquei sobre o gelo etc.

Enfim, criado como opção de lazer e entretenimento, o beach soccer alcançou todos os objetivos devido às suas características, o que garante popularidade e audiência de TV. Tais como:

> Estilo de vida: o ambiente de jogo são as praias que sugerem um estilo de vida descontraído e saudável com sol, mar e belas paisagens;
 

> Regras do jogo, dimensões do campo e a superfície irregular proporcionam constantes ações de gol, jogadas plásticas como bicicletas e voleios, além de uma altíssima média de gols (9 gols por jogo, e um tiro à porta cada 30 segundos) ;
 

> Tempo de jogo, que se divide em três períodos de 12 minutos, com intervalos de três minutos cada. Este formato facilita a programação de TV que pode desenvolver um show de uma hora de duração com abertura, intervalos comerciais e encerramento, mantendo o interesse do público;

Organizado no Brasil em 1994, o Mundialito de Beach Soccer alcançou enorme sucesso. A partir do primeiro o Campeonato Mundial com a participação de 8  equipes de vários continentes no ano seguinte, o esporte se tornou uma verdadeira febre mundial. Copacabana era o centro das atenções de milhares de torcedores. A seleção brasileira conquistou essa competição e foi reconhecida como a primeira grande campeã do mundo da modalidade.

Com o objetivo de criar imagem internacional a KT registrou a marca  IBSA (International Beach Soccer Association).

Atletas como o frances Eric Cantona, os italianos Claudio Gentile e Altobelli, o uruguaio Venancio Ramos, os portugueses Madjer, Hernani, Carlos Xavier  o os espanholes Míchel e Butragueño o um jovem Amarelle se uniram aos brasileiros Junior, Zico, Claudio Adão, Edinho, Paulo Sérgio, e os jovens Junior Negão, Neném, Magal, Jorginho, Robertinho e Renan que fizeram história nestes campeonatos, sempre com espetáculos incríveis mostrados ao vivo pela Rede Globo aos domingos de manhã, eventos de maior audiência neste horário e dia.

No Brasil, em 1988, a fim de se adequar à legislação brasileira (Lei Pelé), a Koch Tavares fundou a Confederação Brasileira de Beach Soccer com o patrocínio da Koch Tavares. A partir daí, 22 federações organizaram competições regionais, sendo as competições interestaduais, nacionais e/ou internacionais realizadas no território nacional de responsabilidade da então CBBS.

Em 1998, o empresário espanhol Joan Cusco adquiriu os direitos da The Beach Soccer Company para o mercado europeu,e criou a Pro Beach Soccer (PBS) que organizou a Liga Europeia.

Em 1999, a PBS e a Koch Tavares juntaram forças e fundaram a Beach Soccer Worldwide (BSWW), responsável por organizar a modalidade de maneira unificada e cujo objetivo era lograr o reconhecimento da FIFA para a modalidade.

Em 2001, BSWW estava em Zurich para assinar convênio de colaboração com a FIFA, mas no dia de assinatura aconteceu a quebra da agência de marketing ISL, que deixou a FIFA em condições difíceis e o projeto foi adiado.

Os anos seguintes viram o crescimento se consolidar por maiores progressos dentro e fora de campo.

Em 2004, BSWW convenció a FIFA do  potencial do esporte, e esse ano FIFA acabou reconhecendo o Beach Soccer como uma modalidade oficial do esporte junto com o futebol e o futsal e, em Maio de 2005, organizo junto a BSWW  a primeira Copa do Mundo de Futebol de Beach Soccer, com sede mais uma vez na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, que teve o triunfo da França.

Mais tarde, já em 2016, veio a CBSB – Confederação de Beach Soccer do Brasil- com reconhecimento da CBF como entidade máxima da modalidade no país, e vem gerenciando este esporte em conjunto com a CBF de uma forma bastante profissional e intensa.

Hoje, este esporte, um sucesso mundial, dá um passo muito importante em conjunto com a CBF:  os cursos de formação de técnicos administrados pela CBF Academy, um enorme passo para a maior profissionalização da modalidade no país.

Ricardo Trade

Outras Notícias

Próximas Turmas

Online: 10 de fev de 2022
à 17 de mar de 2022

Presencial: 19 de abr de 2022
à 26 de abr de 2022

Licenças

Licença B

semipresencial
Belo Horizonte/MG

ver mais

17 de fev de 2022
à 17 de out de 2022

Escola de Gestão e Negócios

Gestão de Futebol

Online

ver mais

17 de fev de 2022
à 19 de fev de 2022

Escola de Gestão e Negócios

Workshop de Direito e Futebol

Online

ver mais

07 de mar de 2022
à 13 de abr de 2022

Escola Técnica

Ferramentas de Análise de Desempenho: aplicações práticas - Nível 1

Online

ver mais
ver calendário completo

podemos
te ajudar?