Troca de experiências no tratamento de lesões

Troca de experiências no tratamento de lesões

No último dia do 2º Simpósio de Educação Continuada da CNMF, profissionais da área debateram as medidas de avanço

II Simpósio de educação continuada da CNMF II Simpósio de educação continuada da CNMF
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

A Semana de Evolução do Futebol Brasileiro se encerrou, oficialmente, neste sábado (30), com o 2º Simpósio de Educação Continuada da Comissão Nacional de Médicos do Futebol (CNMF). Depois de seis dias de debates na sede da CBF em prol do avanço do futebol, o evento deixa marcas na construção do esporte no país.

No último dia, a programação do 2º Simpósio de Médicos CNMF foi dedicada à troca de experiências entre médicos de clubes do Campeonato Brasileiro, em debate sobre lesões e as condutas médicas necessárias a cada caso. Diante do tema central deste ano, "Performance e Recuperação de Jogadores de futebol: uma abordagem multidisciplinar", os convidados compartilharam o conhecimento na área para o desenvolvimento da medicina esportiva.

Nove tipos de lesões em membros inferiores e suas aplicações médicas na recuperação de atletas foram pauta do segundo e último dia de evento. Coordenados pelos médicos Gustavo Arliani e Moisés Cohen, os debates promoveram reflexões e questionamentos na conduta de casos específicos de lesões a partir de estudos apresentados e experiências profissionais compartilhadas. A CNMF quer padronizar o tratamento e promover a dinâmica entre médicos.

A cada tema, uma nova "mesa" formada por três representantes do departamento médico de clubes brasileiros se revezava, com o objetivo de enriquecer a discussão. O evento foi promovido com recursos do Fundo de Legado da Copa do Mundo FIFA 2014 e coordenado pelo presidente da Comissão Nacional de Médicos do Futebol (CNNF), Jorge Pagura.