Kimberly Morris: compreendendo o sistema TMS

Kimberly Morris: compreendendo o sistema TMS

Palestrante explicou como funciona a plataforma que é utilizada para a realização de transferências internacionais de jogadores de futebol

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Somos Futebol: Transferências Internacionais - Kimberly Morris

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Responsável direta pelo desenvolvimento estratégico do FIFA TMS, a head de Integridade e Compliance da FIFA, Kimberly Morris, foi a segunda palestrante nesta terça-feira (9) do “Somos Futebol: 2ª Semana de Evolução do Futebol Brasileiro”. A profissional apresentou a plataforma de transferências internacionais, expôs números e falou sobre conformidade e TPO.

Morris começou falando sobre a plataforma TMS, que é o sistema de transferências internacionais de jogadores de futebol, obrigatório e regulado. Isso significa que as 211 associações membros, com mais de 6.500 clubes profissionais associados, têm que utilizar este modelo para atender aos regulamentos da FIFA.

– O objetivo da FIFA é gerar transparência, credibilidade e integridade para o mercado de futebol – ressaltou. 

Com esta plataforma é possível obter dados, e todos os anos são publicados relatórios com essas informações. A profissional mostrou alguns números do mercado brasileiro nos últimos anos.

– De 2013 até 2015 foi muito parelho o número de jogadores que entraram e saíram do Brasil. É interessante reparar que grande parte dos clubes de vocês estão liberando jogadores, mas também estão recebendo. 

Também foram apresentados números de jogadores brasileiros transferidos para a China e a grande quantidade de fluxo de dinheiro que essas transações geram. Além disso, ela mostrou uma versão doméstica do sistema. Ele possibilita observar como os jogadores estão sendo transferidos dentro do próprio país.

Outro assunto abordado na palestra foi integridade e conformidade. A palestrante explicou o que estes termos significam e mostrou alguns processos de adequação aos temas. Ela também citou exemplos de violações nas transferências de jogadores que podem acarretar em sanções para os clubes envolvidos. Sobre TPO, entre outros assuntos, ela definiu o que são considerados terceiros dentro do regulamento da FIFA.

O evento segue na tarde desta terça-feira (9) e durante a quarta (10) e quinta-feira (11), sempre com a transmissão ao vivo no canal da CBF no Youtube ou no site oficial da entidade. 

ASSISTA À PALESTRA COMPLETA NO VÍDEO ABAIXO: