Debate sobre arbritagem marca o último dia do Somos Futebol 2019

Debate sobre arbritagem marca o último dia do Somos Futebol 2019

Leonardo Gaciba, Alício Pena Júnior e Raphael Claus discutem sobre a arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem -  Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem -  Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Somos Futebol 2019 - Arbitragem

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem -  Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Alício Pena Júnior Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Somos Futebol 2019 - Arbitragem - Leonardo Gaciba Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF

Créditos: Laís Torres/ CBF

No último dia do Somos Futebol, realizado nesta sexta-feira (26), o tema foi arbritagem. O painel foi composto por Leonardo Gaciba, Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF e por Alício Pena Júnior, Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. Os palestrantes focaram em explicar os princípios básicos da arbitragem, as novas regras que serão implantadas daqui em diante e o funcionamento do VAR. Ao final, Raphael Claus, árbitro CBF/FIFA, participou da roda de conversa para debater sobre os desafios atuais da arbitragem.

Leonardo Gaciba

 

Abrindo as palestras do último dia da Semana de Evolução do Futebol Brasileiro, Leonardo Gaciba focou em esclarecer as regras da arbitragem do futebol atual e as novas diretrizes que passarão a ser implementadas nos próximos campeonatos no país. Além disso, Gaciba frisou que o Brasil será pioneiro a usar essas novas regulamentações nas quatro séries do Campeonato Brasileiro. Na Copa do Brasil, elas serão implementadas nas oitavas de final.

Gaciba explicou detalhadamente as mudanças. Uma destacada por ele foi o procedimento de bola ao chão. A partir de agora não haverá mais disputa pela posse da bola, como acontecia antigamente. Além disso, ele também comentou sobre como devem agir os árbitros nas situações polêmicas com o início do Campeonato Brasileiro.

Trabalho com os árbitros na pré-temporada para o início do Campeonato Brasileiro. É isso que eu preciso, de árbitros inteligentes e que saibam aplicar as regras do jogo de uma forma inteligente, que o público irá entender. Nós teremos um critério de justiça. Esse será o grande desafio da arbitragem brasileira nessa temporada.

Alício Pena Júnior

 

Seguindo com o painel, Alício Pena abriu os pontos básicos do protocolo do VAR. O vice-presidente da comissão de arbitragem da CBF ajudou a tirar dúvidas sobre o funcionamento do árbitro de vídeo. Alício explicou que o árbitro principal pode recorrer ao VAR em 4 situações: de gol, pênalti, cartão vermelho e confusão de identidade. Ele também ressaltou que a palavra final sempre será do árbitro central. 

Ao final deste ano da temporada de 2019, nós seremos o país, a entidade de futebol, com o maior número de jogos com VAR num país. Um desafio enorme de tecnologia, de logística, de treinamentos dos nosso árbitros, e que tem sido levado com muita seriedade e muito empenho por parte do corpo de instrutores e também dos nosso árbitros. Toda a preparação e investimento foi feito pela casa, e a gente espera que o resultado seja efetivo.

No final do painel ficou aberto ao público uma instalação do VAR, com o intuito de que os convidados pudessem experimentar como funciona uma Sala de Operações de vídeo.

 


Veja mais