Arnon de Mello: NBA na América Latina

Arnon de Mello: NBA na América Latina

Vice-presidente da NBA na América Latina, Arnon de Mello destacou as principais ações da liga no Brasil nos últimos anos

Somos Futebol: Internacionalização: Arnon de Mello

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A NBA é a uma das ligas esportivas mais populares do planeta. Para explicar um pouco do sucesso e da internacionalização da marca, o vice-presidente da NBA na América Latina, Arnon de Mello, se apresentou no último dia da 2ª Semana de Evolução do Futebol Brasileiro, na sede da CBF.

Arnon abriu a apresentação falando sobre a NBA House, uma iniciativa da liga durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. A casa temática recebeu mais de 80 mil pessoas em 10 dias, e foi eleita pelo público a melhor casa de todas as Olimpíadas.

– Como não podemos estar sempre com nossos times aqui, podemos trazer nossos parceiros comerciais para celebrar esse esporte. É isso que fizemos durante as Olimpíadas e tivemos muito sucesso com essa ativação.

Durante a palestra, o vice-presidente da NBA na América Latina lembrou algumas ações da liga no país, como os três jogos da NBA Global Games, trazendo jogadores brasileiros e equipes de sucesso para se apresentar no Rio de Janeiro. Para falar sobre a NBA na América Latina, Arnon de Mello dissecou estratégias explicam a fórmula do sucesso da maior liga de basquete do mundo. 

– Uma camisa do Chicago Bulls vendida aqui no Rio de Janeiro não volta exatamente para o time. Os royalties voltam para a liga inteira, são divididos pelos 30 times da NBA igualmente.

O basquete é o segundo esporte mais popular do mundo, e é o que mais cresce nos Estados Unidos.  Um dos pontos importantes para a internacionalização da marca da NBA é a forte presença de jogadores internacionais na liga. Mais de 100 jogadores estrangeiros foram inscritos na NBA, entre eles, nove brasileiros.

Um dos pilares fundamentais do crescimento da NBA é fomentar a maior prática do basquete. De acordo com Arnon de Mello, a infraestrutura existe, e a evolução da modalidade está “umbilicalmente ligada” ao incentivo por professores e treinadores. Para isso, a NBA aposta muito na difusão da modalidade no país. Pensando nisso, a NBA tem ajudado na organização do Novo Basquete Brasil, com a reprodução de modelos da NBA. Arnon de Mello destacou as relações da liga com os seus parceiros de mídia, como a TV Globo, ESPN, SporTV e Vivo.

Durante a apresentação, foram exibidos vídeos de estrelas da NBA, como LeBron James e Stephen Curry com grandes jogadores de futebol do Brasil, como Neymar e Ronaldinho Gaúcho. Arnon também destacou as mudanças operacionais pelas quais a NBA passou nos últimos anos, com a criação de novos cargos para cuidar da imagem e valorizar ainda mais a marca pelo mundo.

– Somos nós que tratamos das 30 marcas da NBA aqui no Brasil. Quando fechamos acordo com uma marca, temos que garantir que todos os nossos times sejam representados.