Direito Desportivo no 3º Módulo do Curso de Gestão

Direito Desportivo no 3º Módulo do Curso de Gestão

Terceira etapa do curso tem participação de grandes nomes do direito desportivo brasileiro, Luiz Felipe Santoro e Marcos Motta

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Créditos: CBF

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Créditos: CBF

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Créditos: CBF

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Curso de Gestão da CBF Módulo III - Direito Desportivo

Créditos: CBF

O tema do Módulo III do Curso de Gestão da CBF, realizado entre a última quinta-feira (16) e o sábado (18), foi o Direito Desportivo. Foram abordados assuntos como ética no esporte, a prática de apostas e combinações de resultado, doping, STJD e a legislação que gira em torno do futebol como um todo.

Nomes conhecidos no meio jurídico desportivo marcaram presença, como os advogados Luiz Felipe Santoro e Marcos Motta, o especialista em arranjo de resultados, Tiago Barbosa, o auditor do STJD, Paulo Cesar Salomão Filho, além do diretor de Registro e Transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni. Marco Aurélio Klein completou o time para falar sobre o controle de doping.

No primeiro dia de aulas, Luiz Felipe Santoro, membro do Comitê de Reformas da CBF, fez uma introdução ao Direito Desportivo. De forma clara e objetiva, ele conseguiu abordar um tema extremamente técnico de maneira simples, o que facilitou o entendimento dos alunos.

Secretário Nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, Marco Aurélio Klein encerrou o primeiro dia de aulas. Ele falou bastante sobre as novidades no controle de doping no futebol, como os testes surpresa, realizados em momentos diferentes dos tradicionais testes pós-jogo.

A sexta-feira foi reservada para abordar as atuações do STJD, com explicações sobre o funcionamento do tribunal e sua forma de organização. Além disso, Marcos Motta e Reynaldo Buzzoni falaram também sobre o registro de atletas, os contratos, e, principalmente, sobre os ganhos que o Brasil terá com a recém-criada Câmara Nacional de Resolução de Disputas, para resolver questões contratuais entre clubes e jogadores.

No sábado, último dia deste terceiro módulo, o principal assunto foi a ética no futebol e a combinação de resultados. Dois temas complicados, que se cruzam em determinados momentos, e que geraram bastante debate entre alunos e os professores. 

O próximo módulo do curso, entre os dias 14 e 16 de julho, será sobre Marketing Esportivo.