Secretário Nacional de Futebol visita sede da CBF

Secretário Nacional de Futebol visita sede da CBF

Nesta quarta-feira (7), Ronaldo Lima se reuniu com presidente da CBF, Rogério Caboclo, para discutir melhorias no futebol

Ronaldo Lima, secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, almoça no prédio da CBF Ronaldo Lima, secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, almoça no prédio da CBF
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Nesta quarta-feira (7), o Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor (SNFDT), Ronaldo Lima, visitou a sede da CBF para reunião com o presidente Rogério Caboclo. O encontro teve como objetivo discutir estratégias e melhorias para o futebol brasileiro, e também contou com a participação do diretor de Futebol Profissional da pasta, Dagoberto dos Santos, e do Secretário Geral da CBF, Walter Feldman. 

– Nós entendemos, como governo, que a parte técnica tem que andar junto com a parte governamental. A nossa secretaria de futebol é eminentemente técnica, diferente de anos anteriores com viés muito político. É importante, mas a secretaria de futebol, hoje, prima pela parte técnica. Nós estamos aqui com o presidente para alinharmos o que nós do governo podemos fazer. Acredito que podemos ajudar e sermos ajudados naquilo que todos nós queremos, que é o bem do futebol brasileiro – disse Ronaldo Lima. 

Ronaldo Lima possui uma longa carreira no mundo do futebol. Começou como supervisor da categoria Sub-20 no Botafogo e trabalhou como gerente de futebol profissional na Cabofriense, Vila Nova, Resende e Santos - este o último clube que trabalhou de 2015 a 2017. O secretário teve ainda passagens por áreas técnicas da CBF. Entre 2009 e 2010, foi supervisor da Seleção Feminina, cargo que voltou a ocupar em 2012 e 2013, e também atuou como coordenador das categorias de base, em 2010.

– É uma satisfação retornar à casa do futebol onde tenho grandes amigos. Uma honra e satisfação estar presente durante quatro anos na formação das meninas no feminino e também no futebol de base – concluiu. 

Foto: Walter Feldman, Dagoberto do Santos, Rogério Caboclo e Ronaldo Lima.


Veja mais