Presidente da CBF prestigia lançamento de obra do Legado da Copa no Espírito Santo

Presidente da CBF prestigia lançamento de obra do Legado da Copa no Espírito Santo

Presidente em exercício, Ednaldo Rodrigues, liderou comitiva da CBF em reunião com Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, e o presidente da Federação de Futebol, Gustavo Vieira, para formalizar compra do terreno onde funcionará Centro de Desenvolvimento de Futebol

 

O presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues, participou, na manhã desta segunda-feira (22), da cerimônia formal de assinatura da compra do terreno onde será construído o Centro de Desenvolvimento do Futebol do Estado do Espírito Santo, equipamento financiado com recursos do Fundo de Legado da Copa do Mundo de 2014.

O evento foi realizado no Palácio Anchieta, na capital capixaba, e contou com a presença do Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande; o Vice-presidente da CBF, Marcus Vicente; o Presidente da Federação de Futebol do Espírito Santo, Gustavo Vieira; o secretário de Esportes do Estado, Juninho Abreu; o Prefeito da cidade de Serra, Sérgio Vidigal; o Diretor de Compliance da CBF, André Megale; além de outras lideranças políticas e esportivas do Estado do Espírito Santo. 

O complexo esportivo ficará na cidade de Serra, a 26 quilômetros da capital Vitória, na Região de Bicanga, ao lado da Estação Conhecimento e do mais novo Parque Caminho do Mar, ambos construídos pela Vale, na via que dá acesso às praias. As obras têm previsão de entrega para o segundo semestre de 2022. Depois de concluída, a estrutura será gerida e administrada pela CBF em parceria com a Federação de Futebol do Espírito Santo. 

"O Centro de Desenvolvimento do Espírito Santo será mais um incentivo para o fomento do futebol no estado. O objetivo é que o espaço seja importante para a capacitação dos profissionais do futebol capixaba e de realização de iniciativas sociais. Meu desejo é ver, em pouco tempo, clubes do Espírito Santo de volta ao cenário nacional", comentou Ednaldo Rodrigues.  

Presidente Ednaldo Rodrigues prestigia cerimônia de lançamento do Centro de Desenvolvimento do Legado no Espírito Santo Ednaldo Rodrigues e o governador Renato Casagrande
Créditos: Thais Magalhães/CBF

“É um investimento que deixa de fato um legado da Copa do Mundo, um centro de desenvolvimento de futebol para que a gente possa dar oportunidades às pessoas que têm identidade com o futebol, que podem tentar aprender praticando e também na teoria porque nós também vamos ter local de curso. Então é um centro que estará na maior cidade do Estado, que é a Serra, onde tem muitas demandas na área social”, avaliou o governador Renato Casagrande.

"Em 2014 fomos sub-sede da Copa do Mundo, quando recebemos as seleções de Austrália e Camarões. É importante lembrar tudo o que fizemos de lá para cá e dizer que a construção deste Centro de Desenvolvimento será muito importante para o nosso Estado",, elogiou o Vice-Presidente da CBF e capixaba, Marcus Vicente.

“O Centro de Desenvolvimento foi uma conquista da FES e ficará de legado para os capixabas. Nele será possível centralizar jogos das competições amadoras na Grande Vitória, implementar no Centro de Treinamento da Arbitragem cursos de Capacitação e outros projetos sociais. Com este projeto, a FES reafirma seu compromisso com o desenvolvimento sócio esportivo no Espirito Santo, portanto,  irá contribuir com a qualificação da prática do futebol, além de valorizar a região, explicou o Presidente da FES, Gustavo Vieira.”

Presidente Ednaldo Rodrigues prestigia cerimônia de lançamento do Centro de Desenvolvimento do Legado no Espírito Santo Presidente Ednaldo Rodrigues prestigia cerimônia de lançamento do Centro de Desenvolvimento do Legado no Espírito Santo
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Presidente Ednaldo Rodrigues prestigia cerimônia de lançamento do Centro de Desenvolvimento do Legado no Espírito Santo Presidente Ednaldo Rodrigues prestigia cerimônia de lançamento do Centro de Desenvolvimento do Legado no Espírito Santo
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Sobre Fundo de Legado da Copa do Mundo da FIFA 2014™

O Fundo de Legado da Copa do Mundo da FIFA 2014™ tem como objetivo fomentar a prática futebolística nos países que sediam a principal competição da modalidade no mundo. No Brasil, que recebeu o Mundial em 2014, esta verba é utilizada em três diferentes áreas de atuação: Alto Rendimento, Desenvolvimento (descrito acima) e Social. Até o fim da parceria entre FIFA e CBF serão investidos US$ 100 milhões em solo brasileiro.

Alto Rendimento

São nove as competições organizadas pela CBF que contam com recursos do Fundo de Legado da Copa do Mundo FIFA 2014™: Brasileirão Feminino A1, A2 e Sub-18, além do Campeonato Brasileiro Masculino Sub-20 e Sub-17, as Copas do Brasil Sub-20 e Sub-17 e também as Supercopas Sub-20 e Sub-17. A realização destes torneios, fundamentais para o calendário de equipes femininas e das categorias de base masculinas, prevê a organização de 738 jogos anualmente, com 100% deles transmitidos ao vivo em TV, plataformas de streaming ou redes sociais.

Ainda no alto rendimento, o Fundo de Legado da Copa do Mundo FIFA™ financia a edição anual do Simpósio Médico de Educação Continuada, voltado para profissionais que atuam no Departamento Médico dos clubes brasileiros.

Social

Em parceria com a CBF Social, o Fundo de Legado da Copa do Mundo da FIFA 2014™ é responsável por financiar parte do projeto Gol do Brasil. A ação, que iniciou em 2019, chegará aos 26 estados do país e também ao Distrito Federal. Meninos e meninas entre 6 e 17 anos têm aulas de futebol, cidadania, respeito às diferenças e responsabilidade social. O objetivo é usar o futebol para contribuir na formação integral de cidadãos.