Grandes jogos movimentam competições e Seleção no fim de semana

Grandes jogos movimentam competições e Seleção no fim de semana

Títulos nacionais inéditos, recorde de público, triunfo da garotada canarinho e show no futebol feminino. Brasil teve fim de semana histórico no esporte

O torcedor brasileiro viveu um final de semana especial nestas últimas 48 horas com Seleção Brasileira e jogos decisivos de competições nacionais da CBF. Os apaixonados pelo esporte mais popular do mundo aproveitaram quatro grandes jogos, com alto nível de organização, equipes tradicionais e qualidade técnica em campo. O público presente nos estádios foi um espetáculo à parte, com médias excelentes e muita festa nas arquibancadas de Norte a Sul. 

Quem acordou cedo no sábado começou bem o dia com a decisão do Campeonato Brasileiro Sub-17. Quando o relógio alcançou às 11h (de Brasília), que ficou conhecido no país como horário da família, Flamengo e Corinthians travaram um grande duelo na cidade de Cariacica-ES. O Estádio Kléber Andrade recebeu o excelente público de 16.992 pessoas. Com as arquibancadas lotadas, os torcedores mostraram que estão prontos para abraçar com todas as forças o futebol de base, em uma prévia do que vai acontecer na Copa do Mundo da categoria, que será disputada no mês de outubro e tem a cidade capixaba como uma das sedes.

Dentro das quatro linhas, Mengão e Timão deram um verdadeiro show de bola, como já havia sido na eletrizante vitória rubro-negra por 4 a 3 no jogo de ida. O Flamengo acabou levando a melhor mais uma vez, com triunfo por 2 a 1, e ficou com o título. Ao final da partida, jogadores e comissão técnica do clube elogiaram a opção pelo jogo na cidade de Cariacica. 

Flamengo conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-17 com duas vitórias sobre o Corinthians Flamengo conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-17 com duas vitórias sobre o Corinthians
Créditos: Gilson Borba

Com a decisão entre paulistas e cariocas de "entrada", o prato principal do dia chegou às 14h. Em preparação para o Mundial, a Seleção Brasileira Sub-17 enfrentou o Chile no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO), e venceu por 3 a 1. Este foi o segundo amistoso da Canarinho com "La Roja" e o aproveitamento foi de 100%, já que o placar da ida terminou com triunfo verde e amarelo por 2 a 1 no estádio da Serrinha, também na capital do estado de Goiás.  

A torcida brasileira presente nos dois jogos apoiou bastante o grupo comandando pelo técnico Guilherme Dalla Déa e, como Goiânia também sera sede da Copa do Mundo Sub-17, fica o cartão de visitas do torcedor para a Canarinho. No primeiro jogo, Reinier e João Peglow marcaram para o Brasil. No encontro seguinte, Gabriel Verón e novamente Reinier, desta vez com dois tentos, garantiram o triunfo do time da casa. 

Reinier marcou duas vezes pela Seleção Sub-17 diante do Chile em Goiânia Reinier marcou duas vezes pela Seleção Sub-17 diante do Chile em Goiânia
Créditos: Carlos Santana / Portal da Base Brasil

O domingo não ficou para trás em emoção. A inédita final do Campeonato Brasileiro Feminino A2 reservou fortes emoções para o torcedor com o duelo entre São Paulo e Cruzeiro. "O meu, o seu, o nosso Pacaembu", como diz a histórica locução do tradicional estádio de São Paulo (SP) recebeu um bom público na arquibancada e foi exibido para todo o Brasil ao vivo através da transmissão em rede nacional da TV Band. 

O Tricolor paulista deu um verdadeiro show de bola em campo, com um largo triunfo por 4 a 0, e sai neste jogo de ida com bela vantagem. Bruna, Yaya, Valéria e Cris marcaram os gols da partida. A treinadora da Seleção Brasileira Feminina, Pia Sundhage, acompanhou tudo de perto da arquibancada do Pacaembu e, certamente, gostou do que viu. A finalíssima acontece no próximo domingo (25), na cidade de Belo Horizonte (MG). 

São Paulo bateu o Cruzeiro por 4 a 0 no Pacaembu e sai em grande vantagem na decisão do Brasileiro Feminino A2 São Paulo bateu o Cruzeiro por 4 a 0 no Pacaembu e sai em grande vantagem na decisão do Brasileiro Feminino A2
Créditos: Anderson Rodrigues / São Paulo FC

A decisão da Série D do Campeonato Brasileiro fechou o domingo com chave de ouro. Brusque-SC e Manaus-AM disputaram o jogo da volta na belíssima Arena da Amazônia e 44.896 mil pessoas acompanharam o duelo. Este número representa o recorde de público do estádio, superando até mesmo os jogos da Copa do Mundo de 2014 que foram sediados no local. 

Em campo, Marreco catarinense e Gavião do Norte repetiram o placar do jogo de ida (2 a 2) e a decisão foi para os pênaltis. Com alto grau de aproveitamento nas cobranças para os dois lados, o Brusque acabou levando a melhor, já na série das alternadas, com vitória por 6 a 5 e ficou com o inédito título nacional. 

Brusque superou o Manaus nos pênaltis e ficou com o inédito título da Série D do Campeonato Brasileiro Brusque superou o Manaus nos pênaltis e ficou com o inédito título da Série D do Campeonato Brasileiro
Créditos: Thais Magalhães / CBF