Rogério Caboclo acompanha título mundial Sub-17 do Brasil ao lado dos presidentes da FIFA e da Conmebol

Rogério Caboclo acompanha título mundial Sub-17 do Brasil ao lado dos presidentes da FIFA e da Conmebol

Presidente da CBF esteve no gramado para premiar os meninos do Brasil que conquistaram o tetracampeonato mundial da categoria

Rogério Caboclo acompanha final da Copa do Mundo Sub-17 - Brasil x França Rogério Caboclo acompanha final da Copa do Mundo Sub-17 - Brasil x França
Créditos: Thais Magalhães/CBF

"Resultado épico, fruto do trabalho e da atitude em campo." Essas foram as palavras do presidente da CBF, Rogério Caboclo, logo após o final da partida em que a Seleção Brasileira conquistou o tetracampeonato da Copa do Mundo Sub-17, neste domingo, diante da Seleção Mexicana. Acompanhado dos presidentes da FIFA, Gianni Infantino, e da Conmebol, Alejandro Domínguez, Caboclo esteve no Estádio Bezerrão, em Brasília, onde acompanhou de perto cada passo do título do Brasil na categoria.


A final foi um momento histórico para o futebol brasileiro. O título da Seleção Brasileira fechou com chave de ouro a primeira Copa do Mundo de base no Brasil. A vitória de 2 a 1 sobre os mexicanos, conquistada nos minutos finais da partida, representou o quarto título do Brasil na competição, após 16 anos da última conquista.

A tribuna de honra Bezerrão ainda recebeu figuras ilustres do futebol mundial. Algumas das Lendas da FIFA, como Ronaldo, Júlio César, Cafu e Youri Djorkaeff prestigiaram a final. Ex-jogadores da Seleção Brasileira, Washington, Roque Júnior e Zé Roberto também estiveram no Estádio Bezerrão para conferir a final. Além deles, estiveram no local dirigentes da CBF, da FIFA, da CONMEBOL e de Federações Estaduais.

Como fez durante toda a competição, Caboclo esteve com os jogadores brasileiros no vestiário para levar seu apoio antes da grande final. Após o jogo, Caboclo voltou a encontrar os atletas para parabenizá-los pela conquista. O Presidente da CBF ainda participou da cerimônia de premiação do título no gramado ao lado das demais autoridades.

Em entrevista à Rede Globo durante o intervalo da partida, o Presidente da FIFA elogiou a organização do evento no Brasil e festejou o nível do futebol apresentado.

— A primeira vez do Mundial Sub-17 no Brasil tem sido um espetáculo, fantástico. Um futebol excepcional, o Brasil na final com o México. Esse Mundial tem sido excepcional pois temos visto jogadores extraordinários, a organização perfeita e o presidente da FIFA está muito contente — ressaltou Gianni Infantino.

Acompanhado de Alejandro Domínguez em entrevista no intervalo da partida, Rogério Caboclo lembrou do desafio que foi para o Brasil assumir a realização da primeira Copa do Mundo Sub-17 no país.

— Um grande sucesso a competição e a gente deve também atribuir à influência e à interferência positiva da Conmebol pra que a gente alcançasse a capacidade de ter aqui, no Brasil, a competição Sub-17 pela primeira vez, devolvendo o Brasil ao jogo — afirmou Caboclo, lembrando que o Brasil conquistou sua vaga na competição após substituir o Peru como país sede.

— É um sucesso pela liderança do Rogério, porque a competição seria no Peru, mas a FIFA quis mudar. Então Rogério me ligou para fazermos a competição aqui no Brasil. Então muito obrigado Rogério, muito obrigado ao Brasil e muito obrigado à FIFA. Tenho muita esperança que esse título vai permanecer no futebol sul-americano — comentou Alejandro Domínguez.

Rogério Caboclo acompanha final da Copa do Mundo Sub-17 - Brasil x França Gianni Infantino e Rogério Caboclo conversam no Bezerrão
Créditos: Thais Magalhães/CBF

 

Rogério Caboclo e Ronaldo durante a final do Mundial Sub-17 Presidente Rogério Caboclo cumprimenta Ronaldo durante premiação
Créditos: Alexandre Loureiro/CBF

Rogério Caboclo acompanha final da Copa do Mundo Sub-17 - Brasil x França Felipe Feijó, Branco, Rogério Caboclo, Zé Roberto e Guilherme Dalla Déa com a taça do Mundial Sub-17
Créditos: Thais Magalhães/CBF