Furacão da Copa de 70, Jairzinho visita Casa do Futebol Brasileiro

Furacão da Copa de 70, Jairzinho visita Casa do Futebol Brasileiro

Ídolo da Seleção Brasileira, ex-atacante esteve na sede da CBF e foi recebido pelo Presidente Rogério Caboclo

Jairzinho visita sede da CBF Jairzinho visita sede da CBF
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Tricampeão mundial em 1970, Jairzinho visitou a Casa do Futebol Brasileiro nesta quinta-feira. O ex-atacante, que ficou conhecido como Furacão da Copa por ter feito gol em todas as partidas no Mundial do México, foi recebido pelo Presidente da CBF, Rogério Caboclo, na sede da entidade.

Ao lado de familiares, Jairzinho almoçou com Caboclo e conversou com ele na sala da Presidência. Durante a visita, o Furacão recebeu uma camisa da Seleção Brasileira com seu nome e o número sete, utilizado pelo craque na Copa do Mundo de 1970. Jairzinho falou em nome de sua geração e agradeceu ao Presidente Rogério Caboclo e à CBF pela aproximação entre a entidade e os antigos craques do futebol brasileiro.


"Eu me sinto muito feliz e dizer que eu sou uma pessoa realizada por fazer o Brasil ser o país do futebol e ser reconhecido como o melhor futebol do mundo. Agradeço e parabenizo a direção da CBF, justamente por essa visibilidade e integração com as gerações que ajudaram o Brasil a ser o país do futebol", disse Jairzinho. 

Essa é a primeira vez que o Furacão vem à CBF desde que ele aderiu ao projeto Embaixador da Seleção Brasileira. A iniciativa, que foi apresentada em julho deste ano, tem como objetivo valorizar os grandes ídolos do nosso futebol. Os tricampeões mundiais de 1970, assim como os campeões de 1958 e 1962, receberam uma réplica da Taça Jules Rimet, conquistada definitivamente no México. Além do item, os ídolos ainda receberam o título de Embaixadores da Seleção Brasileira, que, entre outros benefícios, garante a opção de assinar um contrato com remuneração fixa e mensal para representar a CBF em eventos sociais, educacionais e institucionais.

"É um contínuo relacionamento, com a importância que existe da CBF no futebol brasileiro. Eu sou justamente um dos componentes, um dos filhos da CBF, que ajuda a CBF a ter essa grandeza e proteger o futebol brasileiro. Agora, principalmente, estou comemorando em nome dos meus colegas os 50 anos do tricampeonato", concluiu.

Por quase duas décadas, Jairzinho defendeu a Seleção Brasileira em 102 jogos, com 73 vitórias e 42 gols marcados. Ele esteve em três Copas do Mundo (1966, 1970 e 1974) e, além do título mundial no México, foi campeão dos Jogos Pan-Americanos (1963), da Copa Rio Branco (1968) e da Taça Independência (1972).

Jairzinho visita sede da CBF Jairzinho esteve na Casa do Futebol Brasileiro com familiares
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF