Ednaldo Rodrigues participa da reunião do Conselho da Fifa

Ednaldo Rodrigues participa da reunião do Conselho da Fifa

Combate ao racismo, Copa do Mundo Feminina de 2027 e Mundial Sub-17 foram temas do encontro virtual

 

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, participou nesta quinta-feira (14) da reunião do Conselho da Fifa, o principal órgão executivo do futebol mundial. Na reunião virtual, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, informou que a Fifa fará um manifesto global de combate ao racismo no futebol envolvendo os 211 países filiados. O anúncio das ações será feito no Congresso da Fifa, marcado para o dia 17 de maio, na Tailândia. Desde o ano passado, Ednaldo integra o órgão executivo da entidade mundial.

A CBF é a entidade pioneira na luta contra o racismo no futebol. A Confederação foi a primeira a incluir punições esportivas aos clubes em casos de preconceito.

"Foi uma reunião extraordinária. O presidente Gianni Infantino anunciou que a Fifa fará um manifesto veemente contra o racismo em maio. Entendemos que seremos mais fortes com o envolvimento de todas as 211 associações membros", afirmou o presidente da CBF, o primeiro negro a comandar a CBF.

"Considero a decisão da Fifa uma vitória. Quando entrei no Conselho da Fifa, anunciei que a luta contra o racismo e qualquer tipo de discriminação seria uma das minhas bandeiras na entidade. O racismo é um crime que atinge a alma e não há mais espaço para racistas no futebol", acrescentou.

Presidente Ednaldo Rodrigues em reunião com a FIFA Presidente Ednaldo Rodrigues em reunião com a FIFA
Créditos: Joilson Marconne /CBF

COPA DO MUNDO FEMININA DE 2027

O Conselho da Fifa decidiu nesta quarta detalhes do procedimento de votação da escolha da sede da Copa do Mundo de 2027. O Brasil é candidato. Outras duas candidaturas conjuntas (Estados Unidos/México e Bélgica/Alemanha/ Holanda) também querem sediar o evento.

A Fifa vai anunciar o vencedor no dia 17 de maio, na Tailândia. No mês passado, uma delegação da Fifa fez uma visita de inspeção da candidatura brasileira. Eles visitaram o Rio de Janeiro, Brasília, Bahia e Pernambuco.

"Estamos entrando agora na reta final da campanha. A Copa do Mundo tem um papel estratégico no desenvolvimento do futebol feminino no nosso país Já cumprimos o caderno de encargos. Estamos agora trabalhando duro e pedindo voto aos eleitores", disse Ednaldo Rodrigues.

MUNDIAL SUB-17 ANUAL

A Fifa também anunciou nesta quinta-feira os países que vão receber a Copa do Mundo Sub-17 a partir de 2025. A competição passa a ser anual. O torneio masculino será disputado no Catar. Já o Feminino vai acontecer no Marrocos. Os dois países abrigarão cada modalidade até 2029.

Até então, a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA era um torneio disputado com intervalo de dois anos. O objetivo da Fifa é dar aos jovens atletas jogadores a oportunidade de disputar em um torneio de alto nível, ganhando experiência valiosa no cenário internacional.

Realizado pela primeira vez em 1985, o torneio se consolidou como um evento que ajuda a desenvolver futuros jogadores de ponta e deu ao mundo o primeiro vislumbre de superestrelas como Andrés Iniesta, Ronaldinho Gaúcho e Alessandro Del Piero, entre muitos outros talentos promissores.

"O Mundial Sub-17 desempenha um papel crucial no desenvolvimento e identificação de jovens jogadores. A opção por tornar anual a competição vai beneficiar o surgimento de ainda mais atletas. O futebol feminino ganhará uma força maior", afirmou Rodrigues.

PATROCINADORES

A CBF Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL Semo Technogym Core Laser Mectronic Kin Analytics