Conselho da CONMEBOL aprova proposta da CBF para intercâmbio na arbitragem

Conselho da CONMEBOL aprova proposta da CBF para intercâmbio na arbitragem

Em Montevidéu para acompanhar a final da Libertadores, Presidente da CBF levou proposta a votação durante reunião do Conselho

Reunião do Conselho da Conmebol em Montevidéu Reunião do Conselho da Conmebol em Montevidéu
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Conselho da CONMEBOL aprovou por unanimidade, nesta quinta-feira (25), em Montevidéu, uma proposta da CBF para o intercâmbio de árbitros entre as ligas nacionais das federações de futebol da América do Sul.

O projeto prevê a cedência de profissionais e instrutores de arbitragem entre os países sul-americano, com o objetivo de expandir a rede de conhecimento e desenvolvimento da arbitragem no continente. A proposta foi apresentada ao Conselho da CONMEBOL pelo Presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues, que comentou a novidade.

"É uma troca, onde todos só têm a ganhar. Além de ser fundamental compartilhar experiências, poderemos padronizar um pouco mais a arbitragem como um todo ao redor do continente. É uma grande honra poder contar com a cooperação das nossas entidades coirmãs, com uma aprovação por unanimidade”.

Com a medida aprovada, a Comissão de Arbitragem da CONMEBOL irá contatar as comissões nacionais para organizar operacionalmente o projeto, que tem início previsto para 2022.


Competições sul-americanas não terão mais gol qualificado

Outra proposta da CBF que foi aprovada na reunião do Conselho da CONMEBOL foi o fim do critério do gol qualificado como desempate nos torneios sul-americanos. A medida é adotada pela CBF desde 2017 e foi levada para análise do Conselho nos últimos anos. A partir de 2022, os gols marcados fora de casa não servirão como  desempate em duelos eliminatórias na CONMEBOL Libertadores, Sul-Americana e Recopa Sul-Americana.

"O fim do gol qualificado é uma proposta que a CBF adota desde 2017 e já vinha defendendo há algum tempo dentro do Conselho da CONMEBOL. É uma decisão que traz mais justiça ao futebol sul-americano", afirmou o Presidente da CBF.

Ednaldo Rodrigues participa de reunião do Conselho da Conmebol Ednaldo Rodrigues durante o Conselho da CONMEBOL em Montevidéu
Créditos: Divulgação Conmebol