CBF reúne Comissão Nacional de Clubes para debater projeto clube-empresa

CBF reúne Comissão Nacional de Clubes para debater projeto clube-empresa

Especialistas em direito desportivo apresentaram projeto aos dirigentes e debateram questões importantes no encontro

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

Comissão de Clubes na CBF

Comissão de Clubes na CBF

Créditos: Thais Magalhães/CBF

A Comissão Nacional de Clubes se reuniu na sede da CBF, no Rio de Janeiro (RJ), na tarde desta quinta-feira (12), para debater questões que envolvem o projeto do clube-empresa. Estiveram presentes no encontro representantes de Vasco, São Paulo, Chapecoense, Internacional, Bahia, Vila Nova, São Bento, Luverdense e Brusque, que integram o Conselho, além de Palmeiras, Santa Cruz, Coritiba, Fluminense e Flamengo. 

Os advogados especialistas em direito desportivo, Marcos Motta, Bichara Neto, André Sica e Gustavo Hazan, gerente sênior da Ernest Young, apresentaram o projeto proposto pelo relator. Foram debatidos temas como fair play financeiro, impacto do projeto no modelo de gestão dos clubes, direitos trabalhistas e rescisão contratual. Pela CBF, participaram o vice-presidente, Antônio Carlos Nunes, o Secretário-Geral, Walter Feldman, o diretor de registro, transferência e licenciamento, Reynaldo Buzzoni, a gerente jurídica, Regina Sampaio, o diretor de competições, Manoel Flores.

- Para compreender a importância deste tema, a CBF reuniu a Comissão dos clubes junto com especialistas das áreas jurídicas e financeiras. Foi feito um apanhado geral, repassando todos os aspectos do novo projeto. A partir de estudos e da orientação dos técnicos, a Comissão levará o tema aos outros clubes para definir um posicionamento e, posteriormente, apresentá-lo ao relator do projeto - declarou Walter Feldman. 

O ex-goleiro e deputado federal Danrlei (PSD-RS), titular da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados, também participou do encontro. O parlamentar defendeu uma maior participação dos clubes na elaboração do projeto. 

- Foi uma reunião importantíssima. Os clubes precisam de um pouco mais de tempo para entender o que é o projeto, ver o que vem para ajudar e o que pode acabar atrapalhando. Então, foi uma primeira reunião, fiquei feliz de poder participar, de poder ouvir, e eu que estou lá na casa quero que cada vez mais os clubes tenham a possibilidade de crescimento, de ter financeiramente uma vida melhor - acrescentou. 

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, fez um balanço positivo da reunião desta quinta-feira. O dirigente destacou que há uma unanimidade entre os clubes.

- Chegamos a um consenso de que o tema precisa ser melhor avaliado e refletido. Têm pontos para se debater e é isso que será feito. Os clube vão debater com mais profundidade, com amparo de departamento jurídico, com pessoas especializadas no assunto para que a gente entenda qual a melhor forma de propor algo construtivo ao futebol brasileiro - afirmou.

Além de Galiotte, estiveram presentes na reunião Alexandre Campello, presidente do Vasco, Marcelo Medeiros, presidente do Internacional, Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do São Paulo, Plínio David de Nes, presidente da Chapecoense, Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, Ecival Martins, presidente do Vila Nova, Marcio Rogério Dias, presidente do São Bento, Helmute Lawisch, presidente do Luverdense, Danilo Rezini, presidente do Brusque, Constantino Junior, presidente do Santa Cruz, Samir Namur, presidente do Coritiba, Mário Bittencourt, presidente do Fluminense, Marcelo Penha, advogado do Tricolor das Laranjeiras e os vice-presidentes geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, e de comunicação, Gustavo Oliveira.

Uma nova reunião será realizada na próxima segunda-feira (16), na sede da CBF, com a presença de representantes dos clubes e do relator do texto do projeto na câmera, o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ). 


Veja mais