CBF cria grupo para desenvolver o futebol de base

CBF cria grupo para desenvolver o futebol de base

Profissionais com vasta experiência na área e representantes de clubes de todas as regiões do Brasil foram chamados para integrar comissão

Reunião da Comissão de desenvolvimento das categorias de base Reunião da Comissão de desenvolvimento das categorias de base
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Ciente de que futebol não se faz apenas a curto prazo, a CBF anunciou nesta segunda-feira (7) a criação da Comissão para Desenvolvimento das Categorias de Base do Futebol Masculino. A primeira reunião foi realizada na sede da entidade e contou com a participação de 18 profissionais, dentre eles Edu Gaspar, coordenador técnico das Seleções Brasileiras e um dos idealizadores do projeto.

A criação da Comissão de Desenvolvimento das Categorias de Base surgiu após o Departamento de Seleções da CBF identificar e diagnosticar pontos específicos que precisam de evolução no cenário nacional. Após um estudo com os técnicos, supervisores, observadores e também os responsáveis pelos campeonatos de base, foi decidido por esta iniciativa.

- É importante termos os clubes e profissionais que atuam nesta área no futebol brasileiro nos auxiliando neste processo. Temos algumas ideias, como a criação de competições nacionais sub-15 e adequação dos calendários sub-17 e sub-20, para que os jogadores disputem cada vez mais jogos de qualidade. Também queremos ouvir o que eles têm a propor e trabalhar juntos. Não é algo necessariamente para quem está aqui agora, mas essa iniciativa é para pensar medidas a curto, médio e, principalmente, a longo prazo - comentou Edu Gaspar.

O objetivo desta comissão é fomentar o futebol de base no país com debates sobre o calendário nacional de competições, regulamento das disputas, formação de jogadores e profissionais de comissão técnica, estudos sobre inovações relacionadas ao tema, formato de registro de jogadores das categorias e também o aperfeiçoamento do trabalho já desenvolvido na Seleção Brasileira.

Serão realizados encontros periódicos a cada três meses, com a possibilidade de reuniões extraordinárias serem convocadas entre estes períodos. A cada seis meses, a Comissão deverá elaborar um relatório com as atividades desempenhadas e os passos a serem seguidos.

Uma das atribuições da Comissão será sugerir as formas de utilização do orçamento do Legado da Copa do Mundo, dos Programas Evolución Conmebol e FIFA Forward, sendo que este último, arcará com as despesas da comissão juntamente com a CBF. 

Por reunião, a Comissão será composta por 12 membros, necessariamente. Eles podem variar de um encontro para o outro, mas sempre respeitando os critérios de experiência na área e representatividade em termos de regiões brasileiras. Nesta primeira etapa, por exemplo, todas as cinco regiões estavam presentes.

Integrantes da 1˚ reunião da Comissão de Desenvolvimento das Categorias de Base do Futebol Masculino:

Edu Gaspar - Coordenador de seleções CBF

Diogo Netto - Gerente de desenvolvimento técnico, responsabilidade social e sustentabilidade da CBF

André Figueiredo - Convidado/Ex-coordenador das categorias de base do Atlético-MG

Carlos Antônio Anunciação - Coordenador das categorias de base do EC Vitoria

Diogo Fernandes da Rosa - Coordenador das categorias de base do Avaí FC

Eduardo Pacheco Freeland - Coordenador das categorias de base do CR Flamengo

Fernando Yamada - Coordenador das categorias de base do SC Corinthians

Hely Silva Maia - Coordenador das categorias de base do Goiás EC

Jorge Andrade - Coordenador das categorias de base do SC Internacional

João Paulo Ferreira Sampaio - Coordenador das categorias de base do SE Palmeiras

Paulo Wilson Araujo - Coordenador das categorias de base do Clube do Remo

Pedro Henrique Araujo Coelho - Coordenador das categorias de base do Luverdense EC

Também estiveram presentes nesta reunião de criação da Comissão o diretor de Registro e Transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni, os funcionários Pedro Machado e Felipe Amaral, os representantes da FIFA Daniel Bañales e Javier Gonzalez, além do convidado Enio Gualberto.