Branco é homenageado e terá estátua na cidade de Bagé

Branco é homenageado e terá estátua na cidade de Bagé

Nascido na cidade do interior gaúcho, tetracampeão foi surpreendido com ação da prefeitura. Escultura será colocada em praça no centro do município

CBF Social Bagé - Seminário Futebol na infância e na adolescência do CBF Social Bagé

Créditos: Yuri Cougo Dias / CBF

Este final de semana dos dias 27 e 28 de julho foi bastante especial para Branco. Coordenador das categorias de base da CBF, o tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira em 1994 foi até Bagé (RS), cidade onde nasceu, para participar das ações do CBF Social. O profissional acabou sendo surpreendido durante o primeiro dia de evento com uma grande notícia: será homenageado com uma estátua em sua Terra Natal.

As homenagens começaram na abertura do Seminário Futebol na infância e na adolescência, no Museu Dom Diogo. Em seu discurso de abertura, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, exaltou as conquistas de quem classificou como um dos grandes bageenses da história, destacou as origens de Branco, relembrando os serviços prestados pelo pai do ex-jogador ao município, na condição de funcionário da prefeitura, e entregou uma placa ao ídolo do futebol brasileiro. Na sequência, o mandatário anunciou que a cidade vai receber a estátua do tetracampeão mundial em uma praça da região central.

A previsão para que a escultura fique pronta é de aproximadamente quatro meses. A inauguração deve ocorrer entre os meses de novembro deste ano e janeiro de 2020. A ideia é que a estátua seja uma reprodução do ex-jogador levantando a taça da Copa do Mundo de 1994.  

– É um momento especial para Bagé e para o Rio Grande do Sul. Vamos aqui levantar a estátua do nosso ídolo, que é o Branco, que vem de uma família muito simples, muito humilde, que fez história para o Brasil e é reconhecido no mundo inteiro. Então, aproveito para avisar aos gaúchos espalhados por todo o mundo que o Rio Grande do Sul terá uma estátua do seu tetracampeão mundial Branco. Isso vai encher de orgulho este Estado e o Brasil, pois é um reconhecimento justo de alguém que ajudou a construir, com muito trabalho e sacrifício, a história do nosso tetracampeonato – declarou o prefeito.

Branco não escondeu a alegria pela homenagem. O tetracampeão fez uma brincadeira sobre a escultura, mas destacou que espera que a história dele seja uma inspiração para os jovens que praticam o futebol na cidade de Bagé.

– Vamos ver se eu fico mais bonito na estátua (risos). Para mim é um orgulho e uma alegria. Espero que sirva para essa garotada, que a gente está vendo nesses dois dias de evento, como uma referência. Para que eles entendam que nada é impossível. Todo mundo pode chegar e tem chance de chegar. Eu saí de Bagé, que fica a dois mil quilômetros do Rio de Janeiro, bati lá no Fluminense e, um ano e meio depois, já estava no profissional, ganhando título, e consequentemente na Seleção Brasileira. Muitos podem sair daqui como quando eu saí lá atrás. É um momento espetacular para mim – afirmou.

Ideia é que a estátua do ídolo seja uma reprodução do momento em que ele levantou a taça da Copa do Mundo de 1994 Ideia é que a estátua do ídolo seja uma reprodução do momento em que ele levantou a taça da Copa do Mundo de 1994
Créditos: Yuri Cougo Dias / CBF

A estátua será feita pelo artista gaúcho Sérgio Coirolo, que morou por grande parte da vida em Bagé e tem mais de 40 anos de experiência, com formação em arquitetura e belas artes. No futebol, ele é o autor do busto do ex-presidente do Grêmio, Luiz Carvalho, que fica no CT do clube, de uma imagem do técnico Renato Portaluppi, que fica na residência do ex-jogador, de dois troféus do Campeonato Catarinense e de um memorial localizado na Arena Condá em homenagem aos profissionais da Chapecoense mortos no trágico acidente aéreo de 2016.


Veja mais