Após sugestão da CBF, Conmebol analisará fim do gol qualificado

Após sugestão da CBF, Conmebol analisará fim do gol qualificado

Durante Conselho da Conmebol, no Paraguai, Presidente Rogério Caboclo apresentou proposta baseada em experiência recente no futebol brasileiro

Conmebol anuncia o Maracanã com sede da final única da Libertadores 2020

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A Conmebol criou uma comissão para analisar o fim do gol qualificado em suas competições. A medida foi uma sugestão levada pelo Presidente da CBF, Rogério Caboclo, em reunião na sede da entidade continental nesta quinta-feira, no Paraguai. A mudança será votada no próximo Conselho da Conmebol.

A proposta da CBF veio a partir da experiência recente que a entidade teve em suas competições. Desde 2018, a Copa do Brasil não tem mais os gols marcados fora de casa como critério de desempate em confrontos eliminatórios. A decisão foi avaliada positivamente, já que promove mais competitividade entre as duas equipes nos duelos de ida e volta do mata-mata.

- Acho que é viável para uma resolução, possivelmente, no mês que vem (novembro) porque a gente percebe que há uma adesão grande dos países. Conversei com os presidentes dos clubes e é uma unanimidade. Não queremos tirar a dinâmica do futebol. Os 180 minutos, somando os dois de 90, têm que valer muito. Não pode ser um gol fora que vai alterar o dinamismo do confronto - disse o Presidente Rogério Caboclo.

Nesta temporada, todas as competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol não tiveram mais o gol qualificado em seus critérios de classificação. A mudança tem sido uma discussão recorrente nas mais altas esferas do futebol mundial.

A próxima reunião da Conmebol deve ser no dia oito de novembro, no Paraguai.

Conmebol anuncia o Maracanã com sede da final única da Libertadores 2020 Reunião na Conmebol decidiu criar grupo de pesquisa para analisar o fim do gol qualificado
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF