Real Noroeste supera o Vitória e conquista o bicampeonato no Capixabão 1XBET 2022

Real Noroeste supera o Vitória e conquista o bicampeonato no Capixabão 1XBET 2022

Clube de Águia Branca superou o Vitória na decisão e garantiu seu segundo título na história da competição

Real Noroeste foi campeão do Campeonato Capixaba de 2022 Real Noroeste foi campeão do Campeonato Capixaba de 2022
Créditos: Divulgação

O futebol capixaba voltou a ter um bicampeão estadual depois de quase 18 anos. Com gol do atacante Toni Galego, o Real Noroeste superou o Vitória por 1 a 0, na noite de quarta-feira (4), no estádio José Olímpio da Rocha, e levantou a taça do Capixabão 1XBET 2022.

O time de Águia Branca comemorou o seu segundo título na competição, um ano depois da sua primeira conquista. O último clube a vencer o Capixabão duas vezes consecutivas foi o Serra, em 2003 e 2004, antes do tri no ano seguinte.

Os dois finalistas já estavam garantidos na Série D do Campeonato Brasileiro do ano que vem. Com a conquista, o Real Noroeste ainda ficou com a primeira vaga na Copa do Brasil 2023 e recebeu, como premiação, um automóvel FIAT Cronos, modelo Precision 1.3 Flex 4P 2022, e mais R$ 70 mil. O vice-campeão Vitória também faturou mais R$ 30 mil.

O gol do bicampeonato merengue saiu aos 28 minutos do segundo tempo. Jarles Baiano escapou pela esquerda e cruzou para Toni Galego marcar e se tornar o herói da noite. Com o empate em 0 a 0 no jogo de ida, quem vencesse em Águia Branca ficaria com a taça.

O jogão foi transmitido pela TV Educativa e a arbitragem foi comandada por Dyorgines Padovani, auxiliado por Marcielly Netto e Vanderson Zanotti, com Rafael Guijansque, de 4º árbitro, e Ezequiel Sagantini, de 5º árbitro.

“Foi difícil, sabemos das dificuldades que a gente enfrentou. A vitória é importante, um ano em que a gente está fazendo história. Muito feliz, estava demorando um pouco para sair o gol. Deus me honrou, no momento certo eu pude aparecer e fazer o gol do título”, comemorou Toni Galego.

O presidente da Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES), Gustavo Vieira, entregou o troféu aos campeões e falou da organização da competição: “Nosso balanço é altamente positivo. Tivemos o retorno do público aos estádios, foi uma competição muito equilibrada, uma final altamente competitiva, com fairplay. E finalmente temos uma equipe bicampeão estadual, há 17 anos que uma equipe não conseguia esse feito”.

Gustavo também lembrou que a FES, que completou 105 anos no último dia 2, agora se prepara para organizar cinco competições simultâneas: “Vai ser um período de muito trabalho, vamos ter o (Estadual) Sub-20 iniciando no fim de semana, depois Sub-15, Sub-17, Interligas e Copa Espírito Santo com 14 equipes, um número significativo. E paralelo a isso temos a Série D (do Campeonato Brasileiro), com nossos filiados indo muito bem e com reais chances de passar de fase”.