Pré-temporada da arbitragem da FES teve três dias de palestras e atividades físicas, práticas e teóricas

Pré-temporada da arbitragem da FES teve três dias de palestras e atividades físicas, práticas e teóricas

Evento de preparação para as competições do ano começou na última sexta-feira. Palestrantes foram os ex-árbitros Jailson Macedo Freitas, instrutor de arbitragem da CBF, e Marcos André Gomes, vice-presidente da Comissão de Arbitragem da FES

Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022 Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022
Créditos: Henrique Montovanelli

Realizada pela Comissão Estadual de Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo (CEAF-ES), com apoio da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF), da CBF, a pré-temporada da arbitragem capixaba contou com três dias de programação e uma merecida homenagem.

O evento de preparação para as competições do ano começou na última sexta-feira (21), terminando no domingo (23). As atividades físicas e práticas ao ar livre aconteceram no campo do bairro Itararé, em Vitória, enquanto as palestras e atividades teóricas ocorreram na UFES e na escola EMEF Éber Louzada Zippinotti, de Jardim de Penha, também na capital.

Os palestrantes foram os ex-árbitros Jailson Macedo Freitas, presidente da Comissão de Arbitragem da federação baiana e instrutor de arbitragem da CBF, e Marcos André Gomes, vice-presidente da Comissão de Arbitragem da FES. Entre os temas em sala de aula, foram abordados aplicação de regras em situações de jogo, diretrizes da Comissão de Arbitragem e súmulas e relatórios.

Todos os participantes foram submetidos ao teste de Covid-19. Ao todo, entre árbitros e assistentes, 45 participaram da pré-temporada.

“A pré-temporada tem o objetivo de preparar os árbitros e assistentes para o Campeonato Estadual e demais competições organizadas pela FES. Ela faz parte de um programa de prioridade da Federação em relação à arbitragem, onde tem sido feitos grandes investimentos e temos colhidos muitos frutos”, explica Marcos André.

A árbitra Vanessa Guijansque falou da importância das atividades neste início de temporada: “É um dos períodos mais importantes do ano, que é um dos momentos que a gente tem a oportunidade de obter mais informações, mais conhecimento e aprimoramento das técnicas de arbitragem. Temos que estar sendo em busca de evolução”.

Justa homenagem

Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022 Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022
Créditos: Henrique Montovanelli

Aos 46 anos, o assistente Fabiano da Silva Ramires foi homenageado, no sábado (22), por atingir a marca de 125 jogos na Série A do Campeonato Brasileiro. Fabiano recebeu uma camisa personalizada da Seleção Brasileira, com seu nome e o número 125, e uma carta reconhecendo seu feito. Ele se emocionou, sendo aplaudido pelos colegas.

O assistente é natural de Vitória e entrou para o quadro da CBF em 2005, depois de se formar na turma de 1999 da FES.

“É uma emoção ímpar, vindo da CBF. Só quem está no meio da arbitragem sabe realmente como é emocionante receber uma homenagem dessa, porque não é todo dia que você chega a 125 jogos só da Série A. Posso citar clássicos e alguns jogos, como Grêmio e Santos, Santos e Botafogo, Corinthians e Cruzeiro. Então é muito emocionante chegar a esse nível e receber uma homenagem dessa. É gratificante demais e isso mostra o quanto é valorizado o nosso trabalho”, afirmou Fabiano.

Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022 Arbitragem da Federação de Futebol do Espírito Santo para 2022
Créditos: Henrique Montovanelli