Projeto Gol do Brasil Legado encerra primeira edição com Festival do Futebol

Projeto Gol do Brasil Legado encerra primeira edição com Festival do Futebol

Em Belém (PA), 130 crianças e adolescentes da rede pública de ensino participaram das atividades promovidas como parte da programação do Gol do Brasil Legado

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

CBF Social - Gol do Brasil Legado e Festival do Futebol Belém (PA)

Créditos: Laura Zago

O Projeto Gol do Brasil Legado encerrou a primeira edição do evento de uma maneira especial, com o Festival do Futebol. Na manhã deste sábado (10), no Centro Esportivo da Juventude (Ceju), em Belém (PA), 130 crianças e adolescentes, entre 6 a 17 anos, receberam aulas de futebol e cidadania. A atividade faz parte da programação dos projetos de ação social da CBF em parceria com a FIFA, a Federação de Futebol do Pará e o Governo do Estado.

A inédita edição do Projeto Gol do Brasil Legado faz parte do curso de capacitação de profissionais na área da educação e do futebol. Ao longo de três dias, os alunos receberam formação por meio de palestras e aulas práticas visando a capacitação de lideranças, que no futuro, serão capazes de auxiliar a formação de crianças e adolescentes. O objetivo é usar o futebol como ferramenta de promoção da educação e da cidadania.

 

As atividades em campo foram divididas em 10 estações, com grupos de crianças separados pela idade e pelo sexo. Os professores lideravam as equipes com exercícios utilizando a metodologia desenvolvida pela CBF para empregar as dez habilidades de vida da ONU.

De uma forma didática e desportiva, os jovens trocavam de estação a cada 5 minutos e, no intervalo, paravam para hidratação. Os exercícios empregados eram simples como jogos coletivos, golzinhos, e outras brincadeiras com bola, que pregavam o fair play e a coletividade.

- Foi algo novo, porque você precisa se desarmara de muitas coisas que está acostumado a fazer e verificar que tem muito o que aprender para lidar com crianças e desenvolver as habilidades pra vida. Eu me sinto um privilegiado de ser daqui de Belém e a CBF implementar esse curso aqui, acrescentou muito na minha vida e no que eu pretendo trabalhar - conta Sandoval Cardoso, técnico de futebol. 

Sobre o Projeto Gol do Brasil Legado


Nesta primeira etapa, os profissionais passam por formação presencial por meio de palestras e aulas práticas, realizadas no Centro Esportivo da Juventude (Ceju). Em uma segunda fase, por meio de cursos onlines, passarão pela qualificação acadêmica com foco na área social, a Licença S da CBF Academy.

Com o fim da capacitação dos profissionais pelo Gol do Brasil Legado, quatro professores serão escolhidos atuar à frente do projeto em Belém, Pará. As aulas serão gratuitas e realizadas no Ceju, e atenderão com aulas semanais cerca de 200 crianças, entre 6 a 17 anos, matriculadas na rede pública de ensino. 

 

 


Veja mais