Projeto Gol do Brasil inicia aulas presenciais na unidade de Recife

Projeto Gol do Brasil inicia aulas presenciais na unidade de Recife

Nesta quarta-feira (25), turmas com alunos entre 6 e 17 anos começaram as primeiras atividades do projeto. Encontros acontecem às quartas e sextas-feiras.

Aula inaugural Projeto Gol do Brasil - Unidade de Recife Aula inaugural Projeto Gol do Brasil - Unidade de Recife
Créditos: Maurício Ferry/CBF

Começaram, nesta quarta-feira (25), as aulas presenciais do Projeto Gol do Brasil na Unidade de Recife. Durante a manhã, 17 crianças participaram das atividades com bola, respeitando os protocolos de prevenção contra a Covid-19, e tiveram o primeiro contato com a metodologia CBF Social. O próximo encontro está agendado para esta sexta-feira (27), com o aprofundamento dos conceitos de jogo e das habilidades de vida.

Antes de pisarem no campo, os alunos participaram de uma roda de conversas com os professores como parte do processo de aprendizagem. Com duração de 1h30, os encontros acontecem às quartas e sextas-feiras, balanceando o ensino teórico e prático do futebol com lições de cidadania.

Para o Secretário Executivo de Esportes de Recife, Gabriel Perrussi, enxergar o projeto entrando em ação traz esperança para a formação educacional das crianças participantes. Segundo ele, muito mais que ensinar futebol, o Gol do Brasil é necessário para moldar cidadãos.

“O sentimento que fica é de esperança em um futuro melhor para as crianças que estiverem no projeto e no crescimento do próprio projeto indo de Recife para outras comunidades e, com isso, atingindo mais gente. Tenho esperança na metodologia porque o foco é muito mais no desenvolvimento pessoal e nos aprendizados da vida. E a gente acredita que o futebol e o esporte, em geral, são meios para formarmos cidadãos”, declara Gabriel Perrussi.

Aula inaugural Projeto Gol do Brasil - Unidade de Recife Aula inaugural Projeto Gol do Brasil - Unidade de Recife
Créditos: Maurício Ferry/CBF

Na unidade de Recife foram montadas seis turmas com crianças entre 6 e 17 anos. Os profissionais responsáveis pelo aprendizado dos alunos concluíram o curso de capacitação no último dia 7 de agosto. Além da unidade de Recife, Maceió também iniciou as atividades presenciais com alunos após a pausa devido à pandemia de Covid-19.