Programa Gol do Brasil é lançado

Programa Gol do Brasil é lançado

Em parceria entre a CBF e a prefeitura de Ribeirão Pires, com apoio do WTC, 200 crianças receberão treinamento com metodologia desenvolvida pela Confederação

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Programa Gol do Brasil

Programa Gol do Brasil

Créditos: Mariana Rodrigues/Prefeitura de Ribeirão Pires

Por meio de convênio firmado junto à Prefeitura, com o apoio do WTC, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), através do CBF Social, lançou, na última sexta-feira (6), o projeto Gol do Brasil, que incentivará e democratizará o acesso à formação esportiva no futebol. O projeto tem como objetivo a construção de um futuro melhor para as crianças beneficiadas pelo projeto. 

Secretário-geral da CBF, Walter Feldman ressaltou a importância do projeto e justificou a escolha da cidade de Ribeirão Pires para implantação do Gol do Brasil:

- Esse é um grande projeto de responsabilidade social da CBF e do futebol brasileiro. Buscamos agentes políticos que pudessem interpretar esse sonho. Trazer emoção, sentimento e sua experiência pública para somar ao projeto. Esse poderá ser o transformador da realidade junto à comunidade, em experiência democrática, participativa e pensando no bem comum.

Serão atendidos pelo Gol do Brasil 200 alunos da rede municipal de ensino que cursam o Fundamental I (1º ao 5º ano). As crianças, com idade entre 6 e 13 anos, são estudantes das escolas Comendador Abdalla Chiedde, Professor Antonio Lacerda Bacellar e Manoel Baptista da Silva, localizadas próximas ao Centro Esportivo Vereador Valentino Redivo, Vila Gomes, local que sediará as aulas.

Mayer Geovanna, 10 anos, estudante da E.M. Abdalla Chiedde, é uma das alunas que participarão do projeto e se mostrou animada com a experiência:

- Estou muito animada em fazer parte dessa ação tão importante, pois eu gosto muito de futebol e é uma oportunidade de aprender o sobre o esporte.

O curso esportivo será realizado por profissionais que serão capacitados pela CBF, utilizando metodologia desenvolvida pela Confederação. Foram selecionados a participar da capacitação 60 profissionais e pessoas ligadas ao esporte na cidade. As aulas preparatórias serão realizadas no período de 6 a 8 de outubro, com conteúdo teórico e prático. Ao final da preparação, a CBF irá selecionar até seis pessoas que serão responsáveis pelo desenvolvimento do Gol do Brasil no município, com a supervisão de equipe do CBF Social.

O projeto CBF Social prevê a implementação de sistema que permite aos profissionais envolvidos acompanharem o desempenho dos alunos do Gol do Brasil. Por meio de plataforma digital preparada pela Confederação, serão cadastrados alunos e professores para o monitoramento dos indicadores escolares das crianças, bem como de suas vidas em comunidade e família. A CBF disponibilizará, ainda, cursos de aperfeiçoamento aos professores e acompanhamento das aulas, quer seja presencialmente ou por meio de câmeras instaladas no campo.

Além de contar com a presença de parlamentares da cidade e de profissionais que atuam na área da educação e do esporte no município, o lançamento do Gol do Brasil foi prestigiado por importantes figuras do cenário esportivo.

Walter Feldman acompanhou o evento junto de equipe da Confederação e de representantes de instituições ligadas ao futebol, como Fernando Solleiro, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol. Mauro Silva, ex-jogador da Seleção e vice-presidente de Integração da FPF; o ex-jogador do Corinthians, Atalia; o diretor do Esporte Clube Corinthians Paulista, Oldano Carvalho; Lilian Bomeny, representante do WTC, e Fernando Costa, presidente da UNIESP, também prestigiaram a atividade.