Internacional: palestra contra doping para jovens

Internacional: palestra contra doping para jovens

Atletas de 14 a 20 anos ouviram sobre cuidados necessários com alimentação e medicação no dia a dia com o Dr. Fernando Solera

Fernando Solera dá palestra sobre controle de doping aos jovens jogadores do Internacional

Créditos: Fernando Torres / CBF

CBF Social em Porto Alegre - Internacional

A tarde desta quinta-feira (3) teve uma a palestra com o Dr. Fernando Solera, presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, sobre a prevenção para o uso de substâncias ilegais a atletas do Internacional. Na sala de reuniões do Conselho Deliberativo do clube no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), os jovens jogadores das equipes Sub-14, Sub-15, Sub-17 e Sub-20 do Colorado aprenderam lições de ética do futebol, funcionamento do protocolo de controle de doping nos jogos, ouviram histórias sobre casos famosos e conheceram a importância dos cuidados necessário no dia a dia com medicação e alimentação.

No total, cerca de 200 atletas acompanharam exemplos específicos e direcionados e elucidaram dúvidas com o Dr. Solera. O presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF destacou a importância de fazer com que o assunto chegue ao máximo de clubes e categorias possíveis. 

– Foi bastante interessante. Conseguimos trazer a mensagem, que é a prevenção ao doping, a busca pelo jogo limpo, desde os atletas mais jovens. Achei muito legal a oportunidade que tivemos de mostrar para eles os frascos do controle de doping, é um material educativo. Percebemos o interesse deles, mostrei como manipular o material, e apresentamos os três conceitos fundamentais: saúde, ética e igualdade. Isso é o que a CBF espera de uma competição – destacou.

Júlio Vargas, diretor das categorias de base do Internacional, fez um agradecimento ao CBF Social pela iniciativa e acredita que os jovens atletas farão bom proveito dos ensinamentos que receberam.   

– Quero agradecer pela palestra. Muito importante na formação e na informação aos nossos atletas para que cheguem preparados ao profissional com relação ao controle de dopagem. O que fazer em determinados locais em que frequentam, recomendações... E tenho certeza que todos assimilaram bem – acrescentou.