Festival de futebol fecha semana de recorde do CBF Social em Maceió

Festival de futebol fecha semana de recorde do CBF Social em Maceió

Nesta sexta-feira (18), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, o projeto de futebol feminino reuniu mais de 80 meninas da região

Festival de Futebol Feminino no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Créditos: Beatriz Menezes

O projeto do CBF Social de Futebol Feminino cumpriu mais uma etapa em Maceió (AL), nesta sexta-feira (18). Após uma seletiva que bateu recorde no dia anterior, com mais de 250 crianças e adolescentes, as atividades no Estádio Rei Pelé buscaram deixar uma mensagem de motivação. 

No palco estreado por Pelé há quase 49 anos e na terra da Rainha Marta, mais de 80 meninas entraram em campo com os olhos brilhando. O motivo era especial, já que iriam jogar no famoso gramado alagoano. Para as pequenas, era como um trampolim para o sonho de um dia, jogar profissionalmente.

- Reunimos aqui histórias emocionantes de meninas que vieram de longe, por isso, estamos muito animados. Sabemos que é um projeto maravilhoso, que tende a crescer porque o futebol feminino veio para ficar - disse Diogo Netto, gerente de desenvolvimento técnico, responsabilidade social e sustentabilidade da CBF.

Com a presença de Mariléia dos Santos, a inesquecível Michael Jackson, ex-jogadora integrante da primeira Seleção feminina, a ação orientou as meninas com o objetivo de melhorar seus desempenhos. A ex-atleta e também embaixadora da CBF participou dos exercícios e apontou para a importância do projeto.

Festival de Futebol Feminino no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL) Michael Jackson no Festival de Futebol Feminino, em Maceió (AL)
Créditos: Beatriz Menezes

- Eu acho isso um máximo, a meninada tem vontade, garra e motivação, o que faltava era oportunidade e é isso que o CBF Social está oferecendo - afirmou.

Para o Presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó, a realização de eventos como este mostram às meninas que estão mais próximas do que imaginam da realização de seus sonhos.

Festival de Futebol Feminino no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL) Presidente da FAF, Felipe Feijó
Créditos: Beatriz Menezes

- Tenho que parabenizar a CBF, eu não tinha noção da dimensão do projeto e ficamos impressionados e honrados de recebê-los em nosso estado. Dias como o de hoje trazem esperança, principalmente porque o futebol feminino no Brasil, já é uma realidade - concluiu.