Zico recebe licença honorária de treinador da CBF Academy

Zico recebe licença honorária de treinador da CBF Academy

Camisa 10 histórico da Seleção Brasileira, Galinho de Quintino foi agraciado com a honraria por ter serviços prestados ao futebol do país

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Zico visita CBF e recebe licença honorário da CBF Academy

Créditos: João Pedro Moretzsohn/CBF

A Casa do Futebol Brasileiro contou com uma visita especial na tarde desta quinta-feira (13). O craque Zico foi até a CBF, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e recebeu a licença honorária de treinador da CBF Academy. O histórico camisa 10 da Seleção foi agraciado graças aos serviços prestados ao futebol brasileiro. 

O ex-jogador foi recebido pelo presidente da CBF, Antônio Carlos Nunes, e o diretor executivo de gestão da Entidade, Rogério Caboclo. Com 66 gols enquanto defendia a Amarelinha, Zico recebeu uma camisa da Seleção Brasileira com seu nome e o número que tanto honrou: 10.

– A CBF fica muito honrada por certificar você (Zico), um dos maiores atletas do Brasil e do mundo, e incluí-lo agora, não só de fato, mas de direito, ao hall dos grandes treinadores da história do Brasil – destacou Rogério Caboclo.

 

Feliz com a homenagem, Zico fez questão de prestar o seu agradecimento. O ídolo aproveitou ainda para elogiar a atitude da CBF.

– Serei sempre grato à CBF. Aqui é a casa do futebol brasileiro, a casa de todos aqueles que procuraram sempre dar o seu máximo, que deram o seu suor pela Seleção Brasileira. E as portas estão sempre abertas. A memória do futebol tem sempre que existir. E acho que isso, partindo da principal entidade, tem um valor imenso para todos. Só tenho a agradecer por ter tido esse reconhecimento nesse momento – afirmou. 


Veja mais