CBF Academy realiza aula inaugural de primeiras turmas no exterior

CBF Academy realiza aula inaugural de primeiras turmas no exterior

A aula inaugural marcou o início do projeto CBF International Academy. Neste primeiro momento, a entidade rompe suas fronteiras e se conecta com a Ásia através de capacitações e ensinamentos técnicos.

Artes da CBF Academy Artes da CBF Academy
Créditos: CBF

Nesta quarta-feira (15), a CBF Academy deu o primeiro passo para expandir suas fronteiras e fazer história. Isso porque durante esta manhã foi realizada a aula inaugural das primeiras turmas internacionais da entidade. Através de uma videoconferência, os 47 alunos que vivem na China, Japão e Tailândia puderam ter o primeiro contato e conhecer os representantes e professores que vão lecionar os cursos de licenças de treinador níveis B e C da Academy.

A reunião virtual contou com a presença do Secretário-Geral da CBF, Walter Feldman, e do Diretor de Recursos Humanos da CBF e da CBF Academy, Marco Dalpozzo. Também participaram como palestrantes os Coordenadores de Licenças, Maurício Marques e Osvaldo Torres, a responsável pela área de internacionalização da Academy, Maureen Flores, e o Gerente e TI da CBF, Alexandre Coelho. Além deles, o CEO da KingdomSportsWay (empresa parceira da CBF Academy para realização do curso na China), Mr. Wu Lei, também conversou diretamente com os alunos.

Artes da CBF Academy Artes da CBF Academy
Créditos: CBF

A videoconferência, que durou cerca de uma hora, teve o intuito de apresentar o formato do curso para os alunos – sem ensino de conteúdo no primeiro encontro. Durante este projeto serão formados profissionais que visam se capacitar e trabalhar com categorias de base (Licença B), assim como profissionais de educação física que pretendem se especializar no meio das escolinhas de futebol (Licença C).

“Um evento histórico para a CBF, para o futebol e para as relações internacionais. Queríamos dar as boas-vindas internacionais, em nome do presidente Rogério Caboclo. Essa iniciativa está sendo tratada por toda a diretoria como um projeto da maior magnitude. Estou muito encantado com o início dessa conexão. A CBF Academy, depois desse dia histórico, ultrapassa as fronteiras”, ressaltou Feldman, Secretário Geral da CBF.

As aulas serão divididas entre encontros por EAD e dinâmicas presenciais. O sistema de ensino à distância das três turmas terá início no dia 3 de agosto, enquanto as atividades in loco estão programadas para o fim do ano. Pequim, capital chinesa, receberá turmas das Licenças B e C, enquanto Phuket, na Tailândia, contará com um grupo da Licença B.

A Licença B chinesa será realizada entre 7 e 15 de novembro, enquanto a turma tailandesa será entre dias 1 e 9 de dezembro. A Licença C, em Pequim, terá aulas in loco de 17 a 25 de novembro.

“Vai ser um marco, vamos lembrar disso por muito tempo. Se por um lado a pandemia nos afasta, por outro ela nos une. Tivemos a coragem de colocar esse evento em prática. Gostaria de parabenizar a todos os participantes dessa turma. É um fato histórico. O objetivo é levar o melhor que o Brasil tem para a Ásia. E uma dessas melhores coisas é o futebol. Meu sonho é que a China e a Ásia possam jogar futebol com o DNA do Brasil”, projetou Dalpozzo, diretor da CBF Academy.

A aula inaugural deu início ao curso que contará com 210 horas de carga horária para os alunos da Licença B e 150 horas de conteúdo para os estudantes de Licença C. Presentes na atividade, os alunos do curso se empolgaram com este primeiro contato e estão ansiosos para a próxima etapa.

“Muito obrigado a todos vocês por esse momento único de participarmos desse primeiro curso Internacional aqui na Ásia. A aula foi muito bem direcionada e estou com muitas expectativas de aprender e atualizar nosso conhecimento. Além disso, a troca de experiências, culturais e esportivas. Minha expectativa é que de através desse modelo de trabalho poderemos melhor nossa capacidade de mostrar nosso futebol ao estilo brasileiro, pentacampeão do mundo. Arigatô”, declarou Roberto Iwashita, aluno residente do Japão.

Já Aline Monteiro, que mora na China, ressaltou a importância da existência de um ambiente de conhecimento comum à diversas culturas. Assim como Roberto, a aluna se mostrou bastante empolgada com a aula inaugural. Ex-jogadora de futebol, a estudante pretende agregar os conhecimentos adquiridos durante o curso para complementar seus estudos acadêmicos.

“Achei a aula inaugural super interessante e importante visando a interação e a união de um grupo de pessoas de diferentes lugares e culturas, mas focados em um mesmo objetivo que é o crescimento e o desenvolvimento do futebol para o mundo. Na minha opinião, a aula inaugural foi super produtiva, além de nos fazer pensar que fizemos a melhor escolha - a de investir no conhecimento”, opinou a aluna da CBF International Academy, antes de falar sobre suas expectativas para o curso.

“Minhas expectativas para esse curso são diversas: adquirir conhecimento, aprimorar os estudos realizados juntamente com minha formação acadêmica ainda em andamento, pois a pedagogia hoje envolve muito o futebol e a parte social. O fato de eu ter jogado por 15 anos levou as minhas escolhas para o lado social também, quero aprofundar melhor na minha área profissional de treinadora agregando todo conhecimento e bagagem do curso da CBF e das experiências dos professores do curso. Portanto, tenho expectativas de que esse curso não será apenas um certificado profissional, mas como também será um mundo de oportunidades, aprendizados e uma conexão muito valiosa entre os treinadores e a própria CBF. Não estamos sozinhos do outro lado do mundo. Hoje temos a ponte entre a nossa nação e a nação a qual escolhemos trabalhar. Estou realmente agradecida e me sinto privilegiada por fazer parte desse grupo de pessoas”, concluiu Aline.

A concretização dessa nova frente internacional da CBF Academy é um verdadeiro marco para a organização. Criada em 2016, a entidade já formou mais de 6 mil alunos em seus cursos, que abrangem desde a formação de técnicos através das Licenças (PRO, A, B e C), até as áreas de gestão esportiva no futebol, análise de desempenho, preparação física e de goleiros, direito esportivo, intermediação de negociações, entre outros. Com o pontapé inicial para a quebra das fronteiras realizado, a tendência é que os cursos da CBF Academy atinjam cada vez mais pessoas ao redor do mundo.


Veja mais