Por Dentro da Psicologia no Futebol

Por Dentro da Psicologia no Futebol

Aprofunde-se neste tema que vem ganhando força nas comissões técnicas

Por Dentro da Psicologia no Futebol Por Dentro da Psicologia no Futebol
Créditos: Divulgação

A Psicologia do Esporte é uma área da Psicologia Aplicada. No Brasil, ela é uma das especialidades deste ramo com titulação concedida pelo Conselho Federal de Psicologia. A Psicologia do Esporte é uma disciplina antiga, com trabalhos que remontam à virada do sec. XIX para o XX e, apesar do que se costuma dizer, a relação da Psicologia com o Futebol no Brasil é também bastante antiga, com as primeiras interações remontando a década de 1940.

Nas duas primeiras conquistas mundiais o Brasil contou com a presença de um profissional da psicologia na delegação. Em 1958 com o Dr. João Carvalhaes e em 1962 com o Dr. Athayde Ribeiro da Silva.

Profissão Psicólogo Esportivo, o que vamos ver nesta matéria:

- Qual a função do Psicólogo Esportivo?

- O que se espera do Psicólogo Esportivo?

- Em quais organizações o Psicólogo Esportivo pode trabalhar?

- Como me tornar um Psicólogo Esportivo?

Nos últimos anos, a Psicologia do Esporte para preparação e treinamento de jogadores de Futebol vem ganhando força e presença junto a Atletas, Comissões Técnicas e Mídia, acarretando a presença de mais profissionais da área neste esporte. Um de seus principais objetivos é utilizar estratégias de intervenção psicológica para aperfeiçoar o desempenho de Atletas.

Quais a funções do Psicólogo Esportivo?

As funções são bastante variadas, embora sempre relacionadas ao apoio de Atletas, membros de Comissão Técnica e demais profissionais nos temas de âmbito psicológico. Os profissionais da área da Psicologia possuem diversas responsabilidades, que vão desde o suporte ao processo de desenvolvimento humano e esportivo nas Categorias de Base, passando pelo estímulo e treinamento de competências psicológicas de Atletas profissionais, Assessoria e apoio às Comissões Técnicas, chegando até aos cuidados necessários para a manutenção de um clima saudável no grupo como um todo. Assim como médicos cuidam dos aspectos físicos dos Atletas, procurando a prontidão para o alto rendimento e ao mesmo tempo garantindo a saúde e integridade física dos Atletas, também o profissional da Psicologia deve cuidar dos aspectos psicológicos, para que os envolvidos tenham as condições psico-emocionais e cognitivas adequadas para o desempenho em campo, sempre – em especial – procurando preservar a saúde mental dos envolvidos.

O que se espera do Psicólogo Esportivo?

São também diversas as atividades que podem ser desempenhadas por um profissional de Psicologia no Futebol: acompanhamento de treinos e jogos, reuniões e aplicação de técnicas de dinâmica de grupo, treinamento e desenvolvimento de habilidades psicológicas (individual e coletivamente) e atendimentos individuais. Também são atividades desse profissional a identificação de traços de personalidade e diagnóstico de estados de humor (por meio de instrumentos validados cientificamente, e de uso exclusivo do profissional), assim como a realização de reuniões com Treinadores e membros de Comissão Técnica. Uma outra atividade bastante comum é o apoio à Atletas lesionados, que precisam contar com suporte no seu processo de reabilitação. O profissional precisa acompanhar a programação do grupo e manter-se em contato constante com os Atletas, a Comissão Técnica, Departamento Médico, Administrativo e inclusive a Diretoria do Clube. É de suma importância a integração desse profissional na rotina do grupo, de modo que possa acompanhar as atividades de treinos e jogos, a fim de fazer com que suas intervenções sejam adequadas às demandas identificadas no famoso “dia a dia”. Por fim, é essencial que o trabalho realizado esteja alinhado e organizado junto das demais áreas, garantindo assim a interdisciplinaridade da atuação do profissional da Psicologia.

Qual o impacto do trabalho do Psicólogo Esportivo?

O trabalho do profissional da Psicologia visa causar impacto nas condições psicológicas, emocionais e cognitivas relacionadas ao desempenho, assim como contribuir para o desenvolvimento humano e esportivo dos Atletas. Um impacto também importante é sobre o clima do grupo (o conhecido “clima de vestiário”), no desenvolvimento de coesão e alinhamento entre as diferentes pessoas envolvidas, assim como o trabalho sobre a identidade e a cultura do grupo e do Clube. Ainda que o objetivo desse profissional seja o de contribuir para o incremento, regulação e manutenção do desempenho, um outro impacto bastante relevante é o de cuidar do clima e da saúde mental dos envolvidos.

Como me tornar um Psicólogo Esportivo?

Para se tornar um profissional da Psicologia no Futebol é essencial possuir a graduação em Psicologia, obtida em uma instituição cadastrada pelo MEC. A Psicologia é uma profissão regulamentada, que não pode ser exercida por quem não possui o diploma. Esse é um ponto importante, visto que no Futebol muitos se aventuram nos cuidados com os aspectos mentais dos Atletas tendo realizado apenas cursos de extensão breves e superficiais. Não é aprendendo apenas um conjunto de técnicas que se capacita alguém a cuidar de algo tão sensível e complexo como o psiquismo humano, ainda mais em um ambiente tão propenso a pressões, exposições e incertezas como o Futebol. É recomendável, inclusive, que o Psicólogo interessado procure se especializar na área esportiva, obtendo o título da especialidade em Psicologia do Esporte junto ao Conselho Federal de Psicologia (CFP).

A CBF Academy oferece o curso Psicologia do Futebol: Teoria e Prática, que tem como objetivo estender e aprofundar a compreensão sobre os fatores psicológicos no Futebol e a inserção/integração do profissional da Psicologia em um Clube de Futebol. Serão também apresentados os elementos de ordem prática, além de possíveis métodos e técnicas de intervenção. O curso pretende ainda dar suporte para o desenvolvimento de um plano de intervenção psicológica, alinhado ao plano técnico de uma temporada (prática).


Veja mais

PATROCINADORES

A CBF Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence