Na reta final da Licença PRO, Fernando Diniz, Eduardo Barroca e Gilson Kleina destacam formação na CBF Academy

Na reta final da Licença PRO, Fernando Diniz, Eduardo Barroca e Gilson Kleina destacam formação na CBF Academy

Treinadores brasileiros estão na última etapa de graduação das licenças da CBF Academy. Profissionais concluem ciclo na próxima quinta-feira (9).

CBF Academy inicia aulas das Licenças A e PRO na Granja Comary CBF Academy inicia aulas das Licenças A e PRO na Granja Comary
Créditos: Divulgação CBF

Foi dada a largada para a conclusão da Licença PRO na CBF Academy. Esse sentimento é vivido por três técnicos, em especial, durante esse ciclo de aulas na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Fernando Diniz, Eduardo Barroca e Gilson Kleina estão nos minutos, ou melhor, nas aulas finais para a conclusão do último módulo acadêmico. Na próxima quinta-feira (9), o trio integrará o grupo de profissionais com a mais alta qualificação para atuar no futebol profissional brasileiro. 

Treinadores com grande bagagem no futebol nacional, os três têm sentimentos semelhantes quando o assunto são as contribuições dos anos de aprendizagem dentro das salas de aula da CBF Academy. Além da troca constante com os profissionais da área, o trio destaca a reciclagem de ideias que a experiência agrega aos técnicos ao longo da graduação. 

"Pra mim está sendo de grande valia o conhecimento que adquiri aqui. Essa reciclagem, troca de conhecimento com os colegas e, claro, todo conteúdo que o curso nos dá. Hoje você consegue ter uma situação bem definida do mercado europeu, no geral, além do mercado interno. O que aprendemos aqui a gente tenta levar para enriquecer o trabalho e, claro, o clube que estamos trabalhando", destaca Gilson Kleina, treinador da Ponte Preta. 

Na mesma linha, Fernando Diniz ressaltou as trocas com os colegas de profissão e o convívio diário durante o período de aulas. 

"É difícil mensurar o quanto agrega, porque agrega em várias frentes, como na aquisição de conteúdos teóricos com os professores e, também, nas trocas que a gente tem entre os treinadores. Então, é algo que a gente não consegue mensurar e é legal ressaltar a maneira harmoniosa que a gente consegue conviver aqui todos juntos. Essas iniciativas como a Licença tem agregado muito ao futebol brasileiro", enfatizou Diniz. 

Fernando Diniz durante aula da CBF Academy CBF Academy inicia aulas das Licenças A e PRO na Granja Comary
Créditos: Matheus Tripoli/CBF

De olho na atualização constante de ideias, Barroca elogiou os "debate de alto nível" que as reuniões proporcionam. O treinador também ressaltou como novas ideias levantadas nas conversas agregam na rotina de trabalho nos clubes. 

"Está sendo muito especial com a presença de muitos treinadores experientes. Aqui temos debates de alto nível e, mesmo fechando aqui o meu último momento no curso, espero estar de volta em outras oportunidades para continuar debatendo assuntos sobre o futebol brasileiro. Em muitos momentos que eu estive aqui, consegui transferir os conhecimentos adquiridos para a prática, que é realmente o grande objetivo quando vamos buscar novos conhecimentos no futebol", definiu Barroca. 

Eduardo Barroca durante aula da Licença PRO da CBF Academy CBF Academy inicia aulas das Licenças A e PRO na Granja Comary
Créditos: CBF

Veja outros depoimentos de Fernando Diniz, Eduardo Barroca e Gilson Kleina:

"Estou feliz que já estou finalizando. A mensagem que eu deixo é de parabéns para os organizadores e mentores desse projeto simbolizado na figura dos professores Oswaldo e Maurício Marques. Está sendo um grande passo para nós, tem muito conteúdo aqui e é uma grande preparação para os treinadores. Também ressaltar a maneira como eles estão fazendo que a nossa categoria seja respeitada também fora do Brasil", Fernando Diniz.

"Além do conhecimento teórico, além da troca de informações com outros profissionais, o fato de você ter a possibilidade de sair daqui e transferir pra prática do clube é extremamente importante. Em diversos momentos no meu trabalho eu me pego utilizando situações que floresceu daqui. Então, eu saio muito feliz desse último momento aqui na Licença Pro", Eduardo Barroca.

"É muito rica essa troca com outros treinadores, porque aqui você os encontra e cada um tem uma ideia, cada um tem a sua convicção e a sua plataforma de jogo. Então, a gente explora isso, porque estamos jogando todo tempo contra eles, e também nos ajuda a conhecer a essência da pessoa. As vezes só vemos como adversário e podemos ver o ser-humano. Pra mim ter essa relação é muito válido, saio com uma evolução muito grande em todos os sentidos", Gilson Kleina. 


Veja mais