Marcos Motta palestra em Workshop da CBF Academy

Marcos Motta palestra em Workshop da CBF Academy

Atividades começaram nesta quinta-feira (5) na sede da entidade e vão até sábado (7) com palestras sobre o tema

Marcos Motta na CBF Academy

Créditos: Rodrigo Prieto/CBF

A CBF Academy iniciou, nesta quinta-feira (5), o Workshop Direito e Futebol 2017. O evento, que é realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro, vai até sábado (7) com palestras sobre o tema. Abrindo as atividades do dia, que contou com a participação do advogado especializado em Direito Desportivo, Marcos Motta, o secretário-geral da entidade, Walter Feldman, parabenizou o trabalho que vem sendo feito na qualificação dos profissionais de diversas áreas do futebol.

Feldman também contemplou a presença feminina no curso afirmando que a participação de mulheres no setor jurídico é imprescindível, por ser uma profissão que necessita de delicadeza para lidar com determinadas situações. Dando sequência ao Workshop, Álvaro Palma de Jorge, professor de Direito Condicional, abordou questões jurídicas relacionadas à organização de grandes eventos como Olimpíadas e Copa do Mundo, destacando principalmente a dinâmica de organização do Mundial de 2014 no Brasil.

O advogado Marcos Motta foi o terceiro palestrante do dia, e o responsável por falar sobre a importância do debate do direito no mundo do futebol, ressaltando principais as questões internacionais.

– Esse tipo de evento é fundamental para que as pessoas entendam como funciona o futebol extracampo. Que é hoje, com o mercado que nós temos e com o tamanho do valor das transferências, um mercado complexo, sofisticado e extremamente regulado.

Sobre as Transferências Internacionais, Motta apontou para influência dos jogadores brasileiros no mercado mundial.

– Hoje o Brasil voltou à liderança nessa questão das transferências. Nós temos hoje os dois jogadores mais valiosos no mercado: tanto o jogador acima de 18 anos, que é o Neymar, como a transferência do Vinicius Junior, o nosso menino de ouro. Isso tudo nada mais é do que uma coroação do futebol brasileiro que merece todo o respeito.

Encerrando as atividades, Ênio Gualberto, gerente do Licenciamento de Clubes da CBF, ressaltou os objetivos e os conceitos do Licenciamento, além das regras que foram colocadas em prática a partir desse ano e que valerão para as próximas temporadas do Campeonato Brasileiro da Série A e gradualmente para as demais divisões e campeonatos.