Consultor de Ciências do Esporte da U.S. Soccer dá aula em Licença de Preparação Física

Consultor de Ciências do Esporte da U.S. Soccer dá aula em Licença de Preparação Física

John Cone esteve no Rio de Janeiro lecionando para turma de 50 alunos

John Cone e Marcelo Serrano em aula de Preparação Física da CBF Academy

John Cone e Marcelo Serrano em aula de Preparação Física da CBF Academy

Créditos: Crédito: Valentina Rêgo Monteiro/CBF Academy

Na última quarta-feira (13), o Consultor de Ciências do Esporte da U.S. Soccer (Federação Norte-Americana de Futebol), John Cone, esteve no Rio de Janeiro para dar aula na Licença de Preparação Física no Futebol Profissional da CBF Academy.

Ele comandou a atividade durante todo dia e se debruçou sobre dois principais temas: o método holístico para otimizar o return to play do atleta, além do método holístico relativo ao jogo e ao estilo de jogo do treinador. Cone mostrou como o preparador físico pode otimizar o seu trabalho com metodologias de suporte ao treinador e ao seu modelo de jogo.

Ao ser perguntado sobre as diferenças que pôde constatar, através da interação com os alunos, do método brasileiro de treinamento e de preparação física em relação ao americano, Cone afirmou não ter encontrado grandes divergências, pois as metodologias são universais. Ele disse ainda achar interessante que, ao entrar em conversas individuais com os alunos, pôde perceber que eles lidam com os mesmos problemas que todos têm, e que o grande desafio é ser maleável como indivíduo para trabalhar com diferentes personalidades e fazer o que é melhor para o jogador.

"Existe a melhor metodologia baseada na ciência e foi nisso que tentei focar falando não apenas do que eu faço, mas também mostrando que isso é o que é melhor relacionado à lesão e obviamente todo esse caminho até que um atleta possa retornar ao campo e performar em alto nível", explicou o norte-americano.

Cone, que atua como Diretor Metodológico, trouxe ainda à luz a importância desta profissão que não é tão comum no Brasil, mas que começou a ganhar força recentemente. Ele vê a construção de uma metodologia como algo em evolução e primordial no futuro.

"Uma das principais coisas, em um guarda chuva de níveis de conhecimento requeridos para trabalhar com treinadores, com especialistas da parte física, é ter essa habilidade de trabalhar em diferentes especializações. E quando falamos em diretor de metodologia é realmente sobre a expansão de conhecimento e o aprofundamento de conhecimento em qualquer uma dessas áreas. Acho que quando se fala em estar em um cargo, são necessários vários anos para desenvolver esse conhecimento, e isso é uma das coisas que temos de apreciar nas pessoas atravessando categorias e para onde elas vão no futuro: como vamos desenvolver pessoas que vão se encaixar naquelas posições e que terão esse nível de conhecimento detalhado", afirmou John Cone.

Acompanhando o instrutor estava Marcelo Serrano, Treinador Profissional nos EUA com passagens pela Seleção Brasileira e Seleção Norte-Americana, que traduziu o conteúdo para os alunos.

O módulo prático da Licença de Preparação Física no Futebol Profissional ocorreu entre os dias 12 e 17 deste mês e reuniu 50 alunos. Eles tiveram aulas sobre treinamento de campo, fisioterapia esportiva e fisiologia. Ao fim das aulas, os estudantes tiveram ainda de desenvolver um trabalho de prática e análise para aprovação neste módulo. Por último, foi sorteado em primeira mão um exemplar do livro “Desenvolvimento do Jogador – O Método Holístico” de autoria de John Cone e de Gareth Smith, e que será lançado no próximo mês nos Estados Unidos. O Diretor Metodológico da U.S. Soccer reforçou que o conceito do livro é entregar um método holístico baseado em fatos concretos para o desenvolvimento de jogadores.

Além de John Cone, os alunos também tiveram aulas com os professores Fabio Mahseredjian (preparador físico da Seleção Brasileira), Guilherme Passos (fisiologista da Seleção Brasileira), Rodrigo Rezende (preparador físico do Al Dhafra Sports Club), Ricardo Vidal (fisioterapeuta e diretor técnico na Five - Centro de Treinamento Físico) e Geraldo Delamore (preparador físico e diretor executivo na PouPi-Se). A coordenação do curso foi de Eliney Melo (coordenador técnico de futebol no América Futebol Clube).


Veja mais

PATROCINADORES

A CBF Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL SEMP TechnoGym StatSports Kin Analytics Globus Italian Excellence