CBF Academy tem aumento de 72% no número de alunos em 2020

CBF Academy tem aumento de 72% no número de alunos em 2020

Entidade educacional da CBF, Academy conseguiu números surpreendentes em 2020. Além dos mais de 1100 novos alunos, foram mais de 300 dias de aulas, com cerca de 330 professores e palestrantes envolvidos.

Artes da CBF Academy Artes da CBF Academy
Créditos: CBF

O ano de 2020 foi atípico em diversas esferas, seja profissional, pessoal ou social. Por conta da pandemia do coronavírus e das medidas sanitárias adotadas durante este período, algumas atividades tiveram de se reinventar. Foi o que aconteceu com a CBF Academy, que tinha a maioria de suas aulas presenciais e ainda implementava o seu sistema de Ensino Remoto (EAD). Diante do cenário, se viu obrigada a acelerar este processo, e o resultado não poderia ter sido melhor: aumento de 72% no número de alunos em relação a 2019.

"Um ano atípico, mas um ano onde nós da Academy conseguimos fazer muita coisa. O processo da digitalização da educação traz algumas perdas e alguns benefícios. Alguns formatos estão sendo criados, permitindo a substituição de parte da educação presencial e a entrada de mais pessoas" explicou Marco Dalpozzo, diretor da CBF Academy.

Alguns números ajudam a explicar esse crescimento da Academy em 2020. Ao todo foram 68 cursos, Licenças de Treinadores e workshops ministrados por cerca de 330 professores e palestrantes. Para entregar toda esta produção, o setor contou com 25 colaboradores e uma reestruturação interna. Atualmente, a CBF Academy é dividida em quatro áreas: Escola Técnica, Escola de Gestão e Negócios, Escola de Futebol Feminino e Escola Internacional. 

Na área técnica, sob a coordenadoria dos professores Maurício Marques e Osvaldo Torres, foi um ano desafiador. A Licenças PRO, A, B e C contam com diversas aulas presenciais, mas elas ficaram suspensas na maior parte do ano. Mesmo assim foi possível realizar aulas remotas de qualidade, que atraíram inclusive atletas de alto rendimento ainda em atividade, e também lançar três as primeiras três turmas no exterior, em trabalho conjunto com a Escola Internacional. As Licenças B e C tiveram turmas na China e Tailândia para brasileiros morando no continente asiático. Outro destaque do ano foi o lançamento do Glossário do Futebol Brasileiro, um extenso trabalho de transformar em literatura os termos do nosso futebol, realizado em parceria com o professor Carlos Thiengo.

"Um ano de muitos desafios e de muitos aprendizados, mas atingimos todas as nossas metas. Quase 30 cursos técnicos oferecidos, conseguimos alcançar treinadores das cinco regiões do Brasil, que estavam precisando da Licença para poder trabalhar" disse Maurício Marques, coordenador da Escola Técnica da CBF Academy.

Outra novidade de 2020 foi a criação da Escola de Futebol Feminino. O objetivo é promover um movimento de transformação na formação de atletas e membros de comissões técnicas, através do crescimento e desenvolvimento de profissionais que já atuam ou desejam ingressar nesta área do esporte. Também por iniciativa do setor, a CBF Academy lançou o programa Mulheres no Jogo, com o intuito de propiciar a inclusão de mulheres nos mais diversos cursos da instituição através de bolsas de estudo exclusivas. 

"Foi um ano onde conseguimos implantar a Escola de Futebol Feminino, iniciando todo o seu trabalho com um curso inovador através das características do Futebol Feminino Brasileiro" avaliou Valesca Araújo, coordenadora do projeto. 

Já a Escola de Negócios da CBF Academy foi responsável por realizar 48 cursos e workshops, sendo 16 deles inéditos. Só em transmissões ao vivo foram quase 350 horas de conteúdo produzido. Gestão Esportiva, Compliance, Direito, eSports e intermediação de atletas foram alguns dos temas abordados, em eventos que contaram até com a participação de Ministros do Judiciário (STF, STJ e TST). 

"A Escola de Gestão e Negócios da CBF Academy expandiu de forma muito profunda o seu portfólio. Nós tínhamos o curso Gestão de Futebol, os Workshops de Direito e de Intermediação, mas agora, além desses 3 produtos, nós passamos a ter o Programa de Formação de Executivos de Futebol, o Programa de Estratégia e Finanças no Futebol, o curso de Governança e Compliance e o Programa de Formação de Intermediários no Futebol" contou o coordenador da Escola de Gestão e Negócios da CBF Academy, Michel Mattar.

Enquanto expandia suas ações em solo nacional, a CBF Academy também se lançou para o mundo em 2020. Além das três Licenças de Treinadores já citadas acima, a Escola Internacional foi responsável por uma parceria inédita com a LaLiga Business School, que é a escola de negócios da LaLiga (Liga Espanhola de Futebol). Foi realizado um Webinar conjunto em outubro entre as duas instituições, e novos eventos estão programados para o futuro.

"Conseguimos entregar duas turmas na China, uma turma na Tailândia, uma parceria inédita com a La Liga, o primeiro curso de data science do Futebol Brasileiro e, em 2021, terá muito mais" projetou Maureen Flores, coordenadora da Escola Internacional. 

Ainda em 2020, logo que as primeiras medidas sanitárias de distanciamento social foram adotadas, a CBF Academy conseguiu entregar rapidamente um conteúdo online gratuito e de qualidade, o CBF Academy Talks. A série de webinars contou com 27 programas sobre os mais variados temas do nosso futebol, em três formatos diferentes, alcançando a marca de quase 23 mil inscritos e com mais de 654 mil pessoas impactadas na internet. 

Sobre a CBF Academy

Criada em 2016, a CBF Academy já formou mais de 6 mil alunos em seus cursos, que abrangem desde a formação de técnicos através das Licenças (PRO, A, B e C), até as áreas de gestão esportiva no futebol, análise de desempenho, preparação física e de goleiros, direito esportivo, intermediação de negociações, entre outros. Há quatro anos, quando iniciou suas atividades, a Academy contava com seis cursos. 

 


Veja mais