CBF Academy entrega primeiras licenças de 2018

CBF Academy entrega primeiras licenças de 2018

A Licença C foi o curso que abriu o ano da CBF Academy. Em São Paulo, a licença foi realizada de 13 a 21 de janeiro e em Curitiba de 20 a 28 de janeiro

Silvia e Flaviana durante aula prática do professor Luiz Rigolin, na Licença C em São Paulo

Silvia e Flaviana durante aula prática do professor Luiz Rigolin, na Licença C em São Paulo

Créditos: CBF Academy

Johny Luis e Gustavo Ribeiro integram a turma da Licença C em Curitiba

Johny Luis e Gustavo Ribeiro integram a turma da Licença C em Curitiba

Créditos: CBF Academy

Dizem que o ano começa mesmo depois do carnaval, mas não para os profissionais do futebol que desejam se qualificar na carreira e foram para sala de aula da Licença C. Porta de entrada para a carreira de treinador de futebol, a Licença C iniciou o ano letivo da CBF Academy em 2018. A primeira parada foi em São Paulo, entre os dias 13 a 21 de janeiro, e logo em seguida Curitiba, de 20 a 28 de janeiro.

– Eu avalio o futebol atual de uma forma que tem procurado maneiras para se desenvolver. As licenças são muito importantes para conseguirmos acharmos os espaços de desenvolvimento no país, o que podemos melhorar. A partir do momento que começamos profissionalizar e dar mais conhecimento para as pessoas que trabalham diretamente com os jogadores. Passa pelo curso da CBF Academy o desenvolvimento do futebol brasileiro – disse Gustavo Ribeiro, treinador do departamento internacional do Cruzeiro e aluno da Licença C em Curitiba.

Trabalhando diariamente ao lado de jovens intercambistas na Raposa, Gustavo tem que ajudar nas adaptações da garotada na cultura brasileira dentro e fora de campo. Além de desenvolver tecnicamente estes atletas, que buscam uma vaga no time de base do Cruzeiro.

Também aluno da CBF Academy em Curitiba, Johny Luis é dono da ACF Nova Itaberaba, escola de futebol em Santa Catarina, e trabalhou nas categorias de base da Chapecoense, time que é conveniado com a escola.

– A Chapecoense tem um projeto muito bom nas escolas de futebol. O clube está integrando crianças dentro do mundo do futebol, ao levá-las para participarem de competições e realmente efetivando o processo de escolas - construção e repasse para a base - e uma oportunidade efetiva dos atletas jogarem a base. Trabalho de formação tanto psicológica quanto técnica – falou Johny. 

Já na Licença C de São Paulo, Silvia e Flaviana trabalham com o futebol feminino da Associação Atlética Francana, e sabem as dificuldades pelas quais as mulheres passam no futebol. O clube possui parceria com a prefeitura de São Paulo e as atletas, além de dedicarem o tempo aos treinos e competições, fazem faculdade. O clube já participou da Copa do Brasil, do Campeonato Brasileiro e Paulista.

– Toda minha experiência é através daquilo que aprendi no clube. Agora na CBF Academy estou em contato com conceitos mais profundos e pretendo dar continuidade a isto. E assim eu irei me aprimorar mais ainda na profissão – afirmou Silvia.

MAIS INFORMAÇÕES:​

CBF Academy – (21) 3572-7173

Site oficial: https://www.cbf.com.br/cbfacademy

E-mail: cbfacademy@cbf.com.br

Facebook: @cbfacademy.futebol