Wagner Reway e equipe presenteiam torcedor que viralizou na internet

Wagner Reway e equipe presenteiam torcedor que viralizou na internet

Deficiente visual, palmeirense Nickollas conhece equipe de arbitragem de Palmeiras x Cruzeiro, ganha apito de presente e dá aula de superação no Dia do Árbitro

Nickollas ganha apito de árbitro do jogo Palmeiras x Cruzeiro

Nickollas ganha apito de árbitro do jogo Palmeiras x Cruzeiro

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Jovem torcedor conheceu toda a equipe de arbitragem do duelo válido pela Copa do Brasil

Jovem torcedor conheceu toda a equipe de arbitragem do duelo válido pela Copa do Brasil

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Nickollas dá uma aula de superação e amor pelo futebol

Nickollas dá uma aula de superação e amor pelo futebol

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Nickollas Grecco, 11 anos, ficou conhecido em todo o Brasil no último domingo. A imagem dele ouvindo a mãe, ao pé do seu ouvido, narrar os lances que aconteciam durante o clássico Palmeiras x Corinthians percorreu o mundo pelas redes sociais. O torcedor mirim palmeirense não vê o mundo como as outras pessoas. Deficiente visual e autista, Nickollas não enxerga o verde que tanto mexe com ele. E quem disse que isto importa. O caso de amor do pequeno fã é mais uma prova de que a paixão por um clube não requer explicação ou lógica. É um amor que se alimenta na alma. 

Na manhã desta terça-feira (11), Nickollas e a mamãe Silvia voltaram ao Allianz Parque. Desta vez, convidados pela administração da Arena para conhecer os bastidores do local. Oportunidade para o menino viver ainda mais as sensações descritas pela mãe na vitória de seu time no último domingo. 

Nickollas passou pelos principais locais do estádio e até bateu um pênalti na mesma área onde Fernando Prass bateu o pênalti que garantiu o título da Copa do Brasil ao Palmeiras em 2015.

O que Nickollas não esperava era também conhecer a equipe de arbitragem que comandará o jogo decisivo do seu time contra o Cruzeiro, pela semifinal da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Liderado por Wagner Reway, o grupo estava em campo realizando os testes protocolares do VAR (Árbitro Assistente de Vídeo). O encontro não previsto proporcionou mais um momento especial ao menino na Arena, e, principalmente, presenteou os árbitros exatamente na data em que se comemora o Dia do Árbitro. 

Nickollas manuseou os cartões e segurou a bandeira utilizada pelos assistentes. Foi incentivado a erguer o braço com o cartão vermelho, repetindo o gesto feito pelos árbitros em campo.

O carinho e respeito da mãe para com a limitação do filho é uma aula de superação e de amor. Silvia entregou que o menino fica muito preocupado nos momentos em que os médicos entram em campo para atender algum jogador.

– Ele fica perguntando se o jogador está bem, se não aconteceu nada grave – completa. 

Mas o que Nickollas gostou mesmo durante o encontro foi do apito. Ele ficou tateando o objeto sem parar. Reway retribuiu o carinho presenteando-lhe com o novo brinquedo.