Apresentação do Árbitro de Vídeo é feita no Inter

Apresentação do Árbitro de Vídeo é feita no Inter

Atletas e comissão técnica do Colorado acompanharam apresentação sobre a tecnologia na arbitragem e tiraram dúvidas com os instrutores de VAR da CBF

Palestra sobre Árbitro de Vídeo com o elenco do Internacional

Palestra sobre Árbitro de Vídeo com o elenco do Internacional

Créditos: Daniel Guimarães / CBF

Palestra sobre Árbitro de Vídeo com o elenco do Internacional

Palestra sobre Árbitro de Vídeo com o elenco do Internacional

Créditos: Ricardo Duarte/Internacional

O Árbitro de Vídeo (VAR) é novidade para o Internacional. No Gre-Nal 413, marcado para às 17h (de Brasília) do próximo domingo (11), o Colorado fará a primeira partida da sua história com a tecnologia auxiliando a arbitragem. Na manhã deste sábado (10), a Comissão de Arbitragem da CBF foi ao CT do Parque Gigante e aplicou uma palestra para apresentar a ferramenta aos jogadores e tirar dúvidas.

Durante a conversa, que levou cerca de 45 minutos, o técnico do Inter, Odair Hellmann, interagiu bastante com o instrutor-técnico de Árbitro de Vídeo da CBF, Manoel Serapião Filho, e o líder do projeto de Árbitro de Vídeo no Brasil, Sérgio Corrêa. Após a introdução teórica das regras, foram exibidos vídeos para que os atletas tenham conhecimento dos lances que podem ou não serem revisados pelo VAR. Os jogadores acompanharam atentamente as imagens e tiraram dúvidas com o instrutor Serapião. O material foi o mesmo passado ao elenco do Grêmio na última sexta-feira (9). 

Capitão do Internacional e grande líder do elenco, o meia D'Alessandro mostrou-se totalmente favorável ao uso do Árbitro de Vídeo. O experiente jogador argentino destacou que a iniciativa representa um avanço para o esporte mais popular do mundo. 

– Mostra a evolução do nosso futebol, não só no Brasil e na América do Sul, mas no mundo inteiro. Vejo que a tecnologia pode sim ajudar, está chegando agora no futebol e vai diminuir o erro da arbitragem, ajudá-los e nos ajudar também. Creio que esta ferramenta fora do campo vai ajudar a fazer com que o espetáculo seja um pouco mais justo. O VAR, com 11 câmeras, vai conseguir captar todos os lances, não só onde esteja a bola, mas onde ela não esteja também, como em um empurra-empurra dentro da área... Então a gente vai ter que ter cuidado e precisaremos de uma adaptação para entender muito bem isso – afirmou.

Na tarde deste sábado, às 16h (de Brasília), será realizada uma reunião com toda a equipe envolvida na partida, incluindo o árbitro Jean Pierre Lima, os assistentes Rafael da Silva Alves e Lúcio Beiersdorf Flor, o árbitro de vídeo, Rafael Traci, e o assistente de árbitro de vídeo, Ivan Carlos Bohn. O encontro será conduzido pelos instrutores Manoel Serapião e Sérgio Corrêa e terá também a presença do presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho, e do presidente da Comissão Estadual de Árbitro de Futebol (CEAF/RS), Luiz Fernando Gomes Moreira. A atividade acontecerá no hotel onde a equipe de arbitragem está concentrada.