Comitê Independente realiza primeiras avaliações

Comitê Independente realiza primeiras avaliações

Como havia sido anunciado pela CBF, o trabalho começou no returno do campeonato mais equilibrado do mundo

Semana do Futebol

Créditos: Ricardo Stuckert / CBF

O Comitê Independente de Arbitragem, criado recentemente para avaliar o desempenho de cada um dos árbitros que atuam no Brasileirão, apresenta as primeiras avaliações. Como havia sido anunciado (clique aqui para conferir), o trabalho começou na 20ª rodada do campeonato, primeira do returno da competição.

O ranking por rodada é elaborado de acordo com as notas atribuídas pela Comissão Independente, que leva em consideração a própria observação dos jogos, os relatórios do analista de campo e do analista de vídeo. Confira o top 3 dos árbitros que receberam as melhores avaliações.

20ª RODADA
Bráulio da Silva Machado (SC)
Grêmio x Corinthians – 14/08/2016

João Batista de Arruda (RJ)
Chapecoense x Internacional – 15/08/2016

Caio Max Augusto Vieira (RN)
São Paulo x Botafogo – 14/08/2016

21ª RODADA
Raphael Claus (SP)
Flamengo x Grêmio – 21/08/2016

Cláudio Francisco Lima (SE)
Coritiba x Santos – 21/08/2016

Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Santa Cruz x Fluminense – 21/08/2016

Mais sobre o comitê independente

Grupo comandado pelo português Vitor Pereira (foto), que apitou duas Copas do Mundo e foi chefe da Comissão de Arbitragem da Federação Portuguesa por mais de dez anos. Além dele, outros dois ex-árbitros farão parte desta equipe: José Roberto Wright e  Cláudio Vinícius Cerdeira.

Aproveitando o trabalho de análise de desempenho dos árbitros que já é executado a cada jogo por analistas contratados, os membros da comissão poderão referendar ou reformar as observações do responsável pela partida. Baseado neste desempenho, eles conjuntamente darão notas aos trios de arbitragem. Esses números vão compor um ranking da Comissão Nacional de Arbitragem no campeonato.

Também caberá a esta comissão definir sanções aos árbitros que cometerem erros nas partidas e estabelecer um programa de reciclagem junto à Escola Nacional de Árbitros de Futebol (ENAF) para que estes juízes aperfeiçoem seus conhecimentos.

Além da análise individual, será responsabilidade desta comissão uma avaliação global da arbitragem, constatando falhas que ocorrem com maior incidência e estabelecendo medidas de correção para as situações comuns. Este aperfeiçoamento poderá ser feito por intermédio de cursos, provas teóricas, análise de vídeos, entre outros.