Jornalistas debatem arbitragem na sede da CBF

Membros da Escola Nacional de Arbitragem da CBF receberam jornalistas e cronistas esportivos para um debate sobre arbitragem

Membros da Escola Nacional de Arbitragem da CBF receberam jornalistas e cronistas esportivos para um debate. No encontro, realizado na sede da entidade, os convidados ouviram, em detalhes, todo o trabalho realizado pelo departamento, das escalas de árbitros aos programas de capacitação e reciclagem, assim como o pioneirismo na elaboração do projeto de árbitro de vídeo.  

– Estamos mostrando para o mundo o que a gente está fazendo aqui. Trouxemos os jornalistas para lhes dar uma noção de tudo o que é feito no campo da arbitragem, para ratificar a responsabilidade e transparência da instituição – explicou Manoel Serapião, o instrutor técnico da ENAF.   

Diori Vasconcelos, comentarista de arbitragem da Rádio Gaúcha, ressaltou que o encontro serviu para elucidar dúvidas dos profissionais de imprensa:

– Foi um dia muito intenso e muito positivo para que a gente conheça melhor o trabalho que é feito pela Comissão de Arbitragem, para que possamos levar ao público informações que são importantes para diminuir suas dúvidas. 

Paulo Lira, da Rádio Gazeta, destacou que o conhecimento da rotina e dos processos da Comissão de Arbitragem farão com que as críticas, por vezes exageradas e por falta de conhecimento, tornem-se mais embasadas: 

– Estamos acostumados a criticar as coisas sem conhecer exatamente o que acontece do lado de cá. Esse encontro nos deu conhecimento sobre a arbitragem da CBF.