Árbitros brasileiros participam de seminário da FIFA em Miami

Árbitros brasileiros participam de seminário da FIFA em Miami

Encontro visa a preparação dos árbitros para a Copa do Mundo de 2026

Árbitros brasileiros participam de seminário da FIFA  em Miami com foco na Copa do Mundo 2026 Árbitros brasileiros participam de seminário da FIFA em Miami com foco na Copa do Mundo 2026
Créditos: Divulgação

Os árbitros Raphael Claus, Wilton Pereira Sampaio, Ramon Abatti Abel e Edina Alves Batista estão participando de um seminário organizado pela FIFA em Miami, nos Estados Unidos. O encontro reúne árbitros de confederações membros da Conmebol e da Concacaf e visa a atualização, treinamentos e troca de informações com foco na Copa do Mundo de 2026. O seminário termina nesta sexta-feira (19).

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme, explicou que este é o primeiro de uma série de seminários de preparação dos árbitros para a próxima Copa do Mundo.

"A presença de quatro brasileiros neste encontro abre a possibilidade de o Brasil ter mais de uma equipe habilitada para a competição em 2026. Este é um processo que tem a duração de três anos, onde os árbitros são treinados e validados. Outros encontros como esse acontecerão até próximo da Copa do Mundo", acrescentou Seneme.

O árbitro Wilton Sampaio destacou a importância do seminário para o entendimento da filosofia que a FIFA quer dos árbitros, com base no entendimento do jogo, no movimento que os atletas utilizam durante uma partida e as variáveis táticas que as equipes preparam.

"Neste encontro, analisamos também situações de vídeos sobre posicionamento e leitura de jogo, situações de mãos, situações de disputas, controle da área penal, além de situações de pênalti ou não pênalti. Tudo isso requer de nós árbitros uma atenção muito especial e foco em como interpretar bem, em como ter critério nas decisões e saber o momento correto de se antecipar, de se posicionar, de ter uma leitura certa de onde a jogada vai se desenvolver", disse o árbitro, que atuou no Mundial de 2022.

"Também estamos fazendo trabalho prático no campo de jogo em uma universidade aqui de Miami, onde podemos aplicar tudo que passamos na sala de aula, com a avaliação de instrutores que nos dão feedback a cada treino prático. Esse seminário também é importante no que diz respeito à parte médica e física para que os árbitros estejam bem preparados para as demandas de jogo, não só nas competições FIFA, mas nas competições que vamos atuar em nosso país e em nosso continente", acrescentou.

Raphael Claus considera a participação uma oportunidade de aprendizado neste início de processo para a Copa do Mundo de 2026.

"Estou muito feliz e grato por ter essa oportunidade. Estamos trabalhando para deixar a melhor impressão possível, tanto no aspecto físico, quanto técnico. Importante a participação neste seminário para saber a filosofia que a FIFA está esperando para a próxima Copa do Mundo e já começar a aplicar isso nos jogos que trabalhamos, tanto no âmbito da Conmebol quanto da CBF, assim como na federação", pontuou Claus, que também atuou na última Copa. 

PATROCINADORES

A CBF Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL Semo Technogym Core Laser Mectronic Kin Analytics