Quarteto feminino atua nesta quinta na Sul-Americana

Quarteto feminino atua nesta quinta na Sul-Americana

Quatro brasileiras foram escaladas para apitar a partida entre Always Ready, da Bolívia, e Universidad César Vallejo, do Peru

Edina Alves e Neuza Back fizeram parte da primeira equipe de arbitragem 100% feminina da competição continental Edina Alves e Neuza Back fizeram parte da primeira equipe de arbitragem 100% feminina da competição continental
Créditos: Staff Images/Conmebol

A arbitragem feminina brasileira vai escrever mais uma capítulo no futebol continental. Nesta quinta (25), às 20h, quatro mulheres vão atuar na partida entre Always Ready, da Bolívia, e Universidad César Vallejo, do Peru, no Estádio Municipal de El Alto, na Bolívia, pela CONMEBOL Sul-Americana.

A árbitra central será Edina Alves (FIFA-SP). Neuza Ines Back (FIFA-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA-SP) serão as assistentes. A última brasileira a integrar a equipe é Daiane Muniz (FIFA-SP) como árbitra de vídeo.

O quarto já é conhecido mundialmente. Em janeiro deste ano, esta equipe de arbitragem conduziu o amistoso entre Al-Hilal e Inter de Miami.

Edina Alves é a recordista entre homens e mulheres a apitar Copas do Mundo. Ela foi a primeira árbitra brasileira a atuar em oito partidas de Mundiais, superando o recorde de Carlos Simon, que havia apitado sete jogos em três Copas do Mundo (2002, 2006 e 2010).

Neuza Back também é uma recordista em evidência. A assistente participou de três Copas do Mundo, e também se igualou ao número de participações de Carlos Simon em Mundiais.

 

PATROCINADORES

A CBF Nike Guaraná Antartica Vivo Itaú Neoenergia Mastercard Gol Cimed Pague Menos TCL Semo Technogym Core Laser Mectronic Kin Analytics