Arbitragem brasileira terá sete representantes na Copa do Mundo FIFA Qatar 2022

Arbitragem brasileira terá sete representantes na Copa do Mundo FIFA Qatar 2022

Com dois árbitros principais e cinco assistentes, equipe brasileira foi escolhida pela FIFA para atuar nas partidas da Copa do Mundo

Wilton Pereira Sampaio Wilton Pereira Sampaio
Créditos: Thiago Ribeiro/AGIF

A arbitragem brasileira terá sete representantes na Copa do Mundo FIFA Qatar 2022. Nesta quinta-feira (19), a FIFA divulgou a lista com os 129 profissionais escalados para atuar no Mundial, e sete deles são brasileiros.

Entre eles, estão dois árbitros principais, Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio, e cinco assistentes: Bruno Pires, Bruno Boschilia, Danilo Manis, Neuza Inês Back e Rodrigo Figueiredo. Recorde histórico da arbitragem brasileira numa Copa do Mundo, as sete indicações também fazem do Brasil, ao lado da Argentina, o país com o maior número de representantes no torneio.

"A CBF está muito orgulhosa de ter um número recorde de representantes da arbitragem na próxima Copa. Parabenizo aos árbitros escolhidos e desde já desejo sucesso a eles, que representam o futebol brasileiro com excelência. Também cumprimento todo o quadro nacional de arbitragem e a Comissão, pois esse é um trabalho conjunto de contínuo aprimoramento técnico, físico e psicológico", destacou o Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Seguindo o pioneirismo da arbitragem brasileira no cenário mundial, a assistente Neuza Inês Back fará parte de um momento histórico para o futebol mundial. Pela primeira vez, a Copa do Mundo de futebol masculino terá mulheres no comando da arbitragem. Ao todo, três árbitras e três assistentes foram escolhidas pela FIFA. Neuza foi uma delas.

Neuza Back durante o Mundial de Clubes da FIFA 2020. Neuza Inês Back será uma das seis mulheres a atuar pela primeira vez na arbitragem da Copa do Mundo FIFA de futebol masculino
Créditos: FIFA

Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme falou sobre a expectativa para a participação da arbitragem brasileira na Copa do Mundo.

"A confiança da FIFA nos dá muito orgulho e confiança para seguirmos trabalhando. Sabemos o tamanho da responsabilidade que nos foi entregue, mas estaremos prontos para atuar no mais alto nível possível, não só na Copa do Mundo, como em nossas competições", afirmou Senem.

Os profissionais participarão de seminários de preparação para a Copa do Mundo, analisando vídeos e participando de aulas práticas para padronizar a atuação de tantos árbitros de origem diferente no Mundial.

Arbitragem brasileira na Copa do Mundo


Bruno Pires (árbitro assistente)

Bruno Boschilia (árbitro assistente)

Danilo Manis (árbitro assistente)

Neuza Inês Back (árbitra assistente)

Raphael Claus (árbitro)

Rodrigo Figueiredo (árbitro assistente)

Wilton Pereira Sampaio (árbitro)

Confira a lista completa dos 129 árbitros indicados para a Copa do Mundo FIFA Qatar 2022