Análise do VAR: Flamengo x Santos - 37ª rodada do Brasileirão Assaí

Análise do VAR: Flamengo x Santos - 37ª rodada do Brasileirão Assaí

Atuação do árbitro de vídeo na partida entre Flamengo e Santos, pela 37ª rodada do Brasileirão Assaí 2021

A Comissão de Arbitragem da CBF divulgou, neste terça-feira (7), as revisões do árbitro de vídeo (VAR) em Flamengo x Santos, pela 37ª rodada do Brasileirão Assaí 2021. Confira a seguir o conteúdo disponibilizado de forma didática ao público do futebol:

Brasileirão Assaí: Flamengo x Santos - 37ª rodada


REVISÃO 01

Situação protocolar: Revisão de gol marcado em decorrência de impedimento

Decisão: Após revisão, o impedimento é marcado


Regra

Regra 11

Posição de impedimento

Estar em posição de impedimento não constitui infração. Um jogador estará em posição de impedimento quando:

- qualquer parte de sua cabeça, corpo ou dos pés estiver na metade do campo adversário (excluída a linha de meio de campo) e se qualquer parte de sua cabeça, corpo ou dos pés estiver mais próximo da linha de meta adversária do que a bola e o penúltimo adversário. As mãos e os braços dos jogadores, inclusive dos goleiros, não são considerados. Um jogador não se encontrará em posição de impedimento quando estiver em linha com: o penúltimo adversário; ou os dois últimos adversários.

Infração de impedimento

Um jogador em posição de impedimento no momento em que a bola for jogada ou tocada por um companheiro de equipe (o momento do primeiro ponto de contato com a bola, ao ser tocada ou jogada, é que deve ser considerado) só deve ser punido se participar ativamente do jogo:

Interferindo no jogo ao jogar ou tocar na bola, passada ou tocada por um companheiro; ou

Interferindo em um adversário de uma das seguintes maneiras: 

- impedindo um adversário de jogar ou de poder jogar a bola ao obstruir claramente sua linha de visão;

- disputando a bola com o adversário;

- tentando claramente jogar a bola que se encontre próxima de si e quando essa ação causar impacto no adversário; praticando uma ação óbvia que tenha impacto claro na possibilidade de o adversário jogar a bola;

- ganhando vantagem da posição de impedimento por jogar a bola ou interferir em um adversário, quando a bola haja sido:

• rebotada ou desviada em um dos postes ou no travessão da meta, em um oficial de arbitragem ou em um adversário; ou

• jogada por um adversário para fazer uma “defesa deliberada”

CBF/IFAB - Regras do Jogo (2021-2022)

REVISÃO 02

Situação protocolar: Revisão de gol marcado em decorrência de ausência impedimento

Decisão: Após revisão, o gol é validado


Regra

Regra 11

Posição de impedimento

Estar em posição de impedimento não constitui infração. Um jogador estará em posição de impedimento quando:

- qualquer parte de sua cabeça, corpo ou dos pés estiver na metade do campo adversário (excluída a linha de meio de campo) e se qualquer parte de sua cabeça, corpo ou dos pés estiver mais próximo da linha de meta adversária do que a bola e o penúltimo adversário. As mãos e os braços dos jogadores, inclusive dos goleiros, não são considerados. Um jogador não se encontrará em posição de impedimento quando estiver em linha com: o penúltimo adversário; ou os dois últimos adversários.

Infração de impedimento

Um jogador em posição de impedimento no momento em que a bola for jogada ou tocada por um companheiro de equipe (o momento do primeiro ponto de contato com a bola, ao ser tocada ou jogada, é que deve ser considerado) só deve ser punido se participar ativamente do jogo:

Interferindo no jogo ao jogar ou tocar na bola, passada ou tocada por um companheiro; ou

Interferindo em um adversário de uma das seguintes maneiras: 

- impedindo um adversário de jogar ou de poder jogar a bola ao obstruir claramente sua linha de visão;

- disputando a bola com o adversário;

- tentando claramente jogar a bola que se encontre próxima de si e quando essa ação causar impacto no adversário; praticando uma ação óbvia que tenha impacto claro na possibilidade de o adversário jogar a bola;

- ganhando vantagem da posição de impedimento por jogar a bola ou interferir em um adversário, quando a bola haja sido:

• rebotada ou desviada em um dos postes ou no travessão da meta, em um oficial de arbitragem ou em um adversário; ou

• jogada por um adversário para fazer uma “defesa deliberada”

CBF/IFAB - Regras do Jogo (2021-2022)