Integração com o público

19/03/2017 às 10:13 | Assessoria CBF

Seminário CBF Social em Curitiba: sucesso total

Um sucesso. Assim podem ser chamados o Seminário da CBF Social em Curitiba (PR). Na noite de sexta-feira (17), o evento, realizado em parceria com a Federação Paranaense de Futebol e o Coritiba Foot Ball Club, foi iniciado e levou mais de 300 pessoas ao auditório do Bourbon Convention Hotel. Na continuação, neste sábado (18), cerca de 200 expectadoras ouviram atentamente todo o conhecimento compartilhado e interagiram com os oradores.

Na sexta, a abertura foi feita por Diogo Netto, Gerente de Desenvolvimento Técnico, Responsabilidade Social e Sustentabilidade da CBF, José Fernando Macedo, vice-presidente do Coritiba, e Marcius Koehler, gerente de competições da Federação Paranaense de Futebol. Na sequência, o gerente de futebol da Sociedade Esportiva Palmeiras, Cícero Souza, apresentou o tema Estruturação do Departamento de Futebol. Logo depois, foi formada uma mesa redonda com o fisiologista do Coritiba, Luiz Novack, o auxiliar de preparação física do clube, Fabiano Rosenau, o preparador físico da equipe, Robson Gomes, e o consultor científico da Catapult, Carlos Ohanian.

Para encerrar o evento, profissionais do Coritiba falaram sobre análise de desempenho. Tiago Valle, analista de desempenho do time profissional, Eduardo Zarpelon, o analista de desempenho das categorias de base do clube, Alex Brasil, diretor de futebol, Márcio Goiano, assistente técnico, Pachequinho, técnico da equipe coxa-branca, apresentaram o tema e interagiram com o clube.

No sábado, foi o trabalho de formação de atletas que abriu o dia. Próspero Paoli, professor da universidade de Viçosa-MG, iniciou o debate com o tema "Variáveis que interferem no processo de formação de Atletas de Base". Em seguida, três profissionais do Coritiba: o técnico César Bueno, o advogado Lucas Pedrozo e a pedagoga Rosemara Fernandes falaram sobre "Aspectos pedagógicos e jurídicos na formação de atletas". Na sequência, o Dr. Fernando Solera, presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, discorreu sobre o assunto. Em outra mesa redonda, o assunto foi o trabalho de formação de atletas, com a "Captação, Avaliação e desenvolvimento de atletas de categoria de base". O preparador de goleiros do Coritiba, Fernando Corrêa, o observador do clube, Luís Alexandre, o auxiliar técnico Murilo Balbino e novamente o técnico da equipe sub-17 do clube, César Bueno, interagiram com o público sobre o tema.

No período da tarde, algumas mesas redondas foram promovidas. Em uma delas, o coordenador das categorias de base do Coritiba, André Leite, o diretor de futebol do Red Bull Brasil, André Mazzuco, e o professor Próspero Paoli debateram sobre "Elementos preponderantes acerca da formação de atletas de base". O fisiologista Luis Novack, os auxiliares de preparação física, Fabiano Rosenau e Tiago Ferreira, e o preparador de goleiros do Sub-17, Fernando Correa, preparador de goleiros do Sub-17 do Coxa, debateram sobre a importância dos profissionais que seguem uma filosofia e diretriz do clube para os trabalhos junto aos atletas. Quando chegou a hora do tema que envolvia a cultura organizacional e prospecção de negócios no futebol, o debate foi realizado entre o diretor executivo internacional do Coritiba, Juliano Belletti, o preparador de goleiros da equipe, Rogério Maia e o gerente de futebol profissional coxa-branca, Augusto Oliveira.

Fechando o ciclo de palestras, à noite, os treinadores das categorias Sub-11 e Sub-13 do Coritiba, Danilo Benjamim e João Nogueira, participaram do encontro sobre "Fustal: benefício cognitivos e transição para o futebol de campo", ao lado de dois profissionais do futsal, Fabio Acêncio e Daniel Baitala. Na sequência, Júnior Negão e Paulo Roberto Barboza falaram sobre a preparação da Seleção Brasileira de Beach Soccer para o Mundial das Bahamas, feita em Foz do Iguaçu. Para encerrar a parte teórica do CBF Social em Curitiba (PR), a técnica da Seleção Brasileira Feminina, Emily Lima, falou sobre as perspectivas do futebol do gênero no país. 

– É sempre bom participar dos eventos da CBF Social e muito importante para a nossa modalidade poder levar o futebol feminino para todas as partes do Brasil, seja com palestras, seletivas e parte prática – avaliou a treinadora.

Neste domingo (19), haverá seletivas para as categorias de base da Seleção Feminina, em que as meninas serão avaliadas pela auxiliar técnica da Sub-20, Daniela Alves, e o preparador físico da Sub-17, Alecsander Dickinson.

Leia mais

Nossos patrocinadores