Estímulo ao jogo limpo

23/02/2017 às 12:34 | Assessoria CBF

Copa Verde 2017 terá cartão verde para o fair play

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

A Comissão de Arbitragem da CBF anunciou, nesta terça-feira (21), uma novidade para a Copa Verde 2017. O árbitro aplicará o cartão verde aos jogadores que tiverem atitudes de fair play.

O estímulo ao jogo limpo também será registrado na súmula. Enquanto os cartões amarelo e vermelho são punições às ações negativas, o cartão verde é uma homenagem pública aos esportistas que lutam por seus objetivos oferecendo bons exemplos às crianças e jovens.

O presidente da Comissão, Marcos Marinho, encaminhou os cartões e as devidas orientações a todos os árbitros que vão atuar na competição. A ideia nasceu em 2016 e foi aprovada pela FIFA para ser colocada em prática da edição deste ano.

– O cartão representa o fair play e ações positivas que ocorrerem dentro de campo por parte dos atletas ou comissão técnica. Servirá para marcar e destacar lances importantes em prol do jogo limpo. Agora, terá o cartão físico para premiar as atitudes de fair play. Será aplicado pelo árbitro no momento da ação positiva – afirmou Marcos Marinho. 

O Cartão Verde será mostrado pela arbitragem com o intuito de premiar atitudes a favor do jogo limpo. Entre as posturas exemplares suscetíveis de Cartão Verde estão:

1 -  informar ter feito a falta em favor dos adversários;
2 - parar na jogada, pois tocou a mão na bola, sem que o árbitro tenha percebido;
3 -  informar que a penalidade foi marcada de forma correta contra sua equipe;
4 -  informar que a falta marcada a favor de sua equipe não ocorreu;
5 -  informar ter sido tiro de canto para o adversário e não tiro de meta;
6 -  informar ter sido arremesso de lateral para o adversário e não para sua equipe;
7 - informar que um cartão aplicado a um companheiro foi incorreto e deveria ter aplicado;
8 - parar um ataque de sua equipe ao perceber que o adversário está caído por uma lesão;
9 - um integrante da comissão técnica agiu de forma proativa ao evitar reclamações;
10 - evitar que um companheiro reclamasse da decisão de um dos árbitros da partida;
11 - árbitro percebeu que o treinador orienta o jogador para jogar na bola e não fazer falta;
12 - outras ações de "fair play".

Leia mais

Nossos patrocinadores