Tudo igual na ida

15/03/2017 às 10:23 | Assessoria CBF

Em aberto: Flu e Criciúma decidem vaga no Rio

Créditos: Nelson Perez/Fluminense

Doze equipes disputam seis vagas na Quarta Fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira (15). A bola vai começar a rolar com dois jogos às 19h30 (de Brasília). Na sequência, virá uma partida às 20h30 e mais três às 21h45. Logo entre os dois duelos de volta que abrem a noite da competição mais democrática do país, um confronto aberto e que promete fortes emoções: Fluminense x Criciúma.

Após a ida terminada com empate 1 a 1 no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), as equipes fazem um jogo de tudo ou nada pela classificação. Pelo lado do Tigre, o técnico Deivid tem um desfalque na meta. O goleiro Luiz está com dores na coxa direita e sequer foi relacionado para o duelo. Edson será o substituto. No Tricolor, a aposta para ficar com a vaga está no estádio Giulite Coutinho. O clube volta a mandar uma partida no gramado de Mesquita (RJ) após aproveitamento superior a 60% acumulado no ano passado. Dentro das quatro linhas, o técnico Abel Braga segue sem poder contar com o meia Gustavo Scarpa, que está machucado. Pelo gol marcado fora de casa, o Flu tem a vantagem do 0 a 0 para avançar na competição. 

No outro duelo das 19h30, o ABC receberá o São Paulo no Frasqueirão, em Natal (RN). O Tricolor venceu a ida por 3 a 1 e pode perder por até um gol de diferença para ficar com a classificação. Pelo Mais Querido, o técnico Geninho conta com o retorno do meia Echeverría, que cumpriu suspensão no primeiro jogo, mas tem o zagueiro Léo Fortunato e o volante Anderson Pedra como dúvidas. No clube paulista, o treinador Rogério Ceni não divulgou a equipe titular e fechou o último treinamento do grupo, já em solo potiguar.

Na partida das 20h30, o Gurupi-TO encara o Joinville no Resendão. O JEC tem situação semelhante à do São Paulo, já que venceu na ida pelo mesmo placar de 3 a 1. No Camaleão do Sul, a ordem do técnico Roberto Oliveira é acreditar na classificação até o apito final do árbitro. No Coelho, o treinador Fabinho Santos não tem à disposição Max e Fernandinho. Henrique Mattos e Alex Ruan estão confirmados na equipe para suprir as ausências.

Mandantes com boa vantagem

Nos confrontos de 21h45, os três mandantes desta noite foram bons visitantes na ida e conquistaram belas vantagens em busca da classificação. Quem tem situação bem confortável é o Sport. O Leão bateu o Boavista por 3 a 0 em Saquarema (RJ) e pode perder por até dois gols de diferença na Ilha do Retiro para avançar. Apesar da vantagem, o técnico Daniel Paulista já anunciou que entrará em campo com força máxima. No Verdão do litoral carioca, o zagueiro Antônio Carlos e o meia Fellype Gabriel não estão à disposição de Joel Santana.

O Cruzeiro também fez bom resultado na ida, vencendo o Murici-AL por 2 a 0. Esta noite, no Mineirão, Manoel e Henrique foram poupados pelo técnico Mano Menezes. Com o triunfo da ida, o time celeste pode perder por até um gol de diferença para ficar com a classificação. No Verdão de Alagoas, o técnico Roberval Davino terá a volta do zagueiro Sinval. 

No Beira-Rio, o Internacional recebe o Sampaio Corrêa-MA. O Colorado, que venceu bem na ida, com goleada por 4 a 1, aposta as fichas na manutenção do bom futebol do atacante Brenner. Com cinco gols, ele é o artilheiro da Copa do Brasil 2017 até o momento. O técnico Antonio Carlos Zago deve promover uma mudança na defesa. A tendência é que a dupla de zaga seja formada por Neris e Ernando. A equipe pode perder por até dois gols de diferença para ficar com a vaga. No Tricolor maranhense, o técnico Francisco Diá não conta com o lesionado Cleitinho e deve mandar Diego Silva a campo para suprir a ausência. 

Leia mais

Nossos patrocinadores