Papo é líder

19/06/2017 às 14:31 | Assessoria CBF

Na liderança, volante segura euforia no Juventude

Créditos: Divulgação / Juventude

Conquistar um acesso à Série A não é novidade para o volante Wanderson. Hoje defendendo as cores do Juventude, ele subiu para a elite do futebol brasileiro em 2013 vestindo a camisa da Chapecoense. Tendo essa experiência de sucesso na trajetória profissional, o volante deseja repetir o feito nesta temporada com o Juventude. No momento, o clube de Caxias do Sul (RS) lidera a Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador, por sua vez, tenta controlar a euforia do time.

– É sempre bom ter um início assim. Lembro que nós na Chapecoense tivemos uma largada semelhante e foi fundamental para o acesso. Agora no Juventude, isso se repetiu e nos dá tranquilidade para trabalhar e a confiança fica alta. Porém, estamos bem conscientes da nossa responsabilidade e do objetivo inicial, que é a permanência. Temos que fazer os 45 pontos o mais rápido possível. Com essa meta atingida, aí sim vamos atrás do sonho do acesso. O pensamento é jogo a jogo – explicou.

Wanderson esteve em campo na última rodada quando o Juventude empatou em 0x0, fora de casa, contra o Paysandu. A partida foi especial para o volante, pois o atleta ultrapassou a marca de 50 jogos pelo Juventude. Nesta terça-feira (20), às 19h15 (de Brasília), os comandados de Gilmar Dal Pozzo voltam a campo pela Série B. O duelo será no estádio Alfredo Jaconi, contra o Brasil de Pelotas, e o atleta enxerga dificuldades para o seu time.

– Será mais um duelo difícil, um clássico estadual. É preciso termos toda atenção, entraremos em campo concentrados para não sermos surpreendidos. Nossa característica não pode mudar, de muita marcação e ser efetivo quando tiver oportunidade para matar o jogo. O nosso segredo é humildade e nessa postura vamos conquistando nossos objetivos – finalizou.

Leia mais

Nossos patrocinadores