Estatísticas

03/05/2017 às 15:56 | Assessoria CBF

Ranking: os bons de cabeça do Brasileirão 2016

Créditos: CBF

Jogador “bom de cabeça”, na gíria do futebol, é aquele cara acostumado a decidir jogos e apavorar as defesas adversárias nas jogadas aéreas. Altura, tempo de bola, oportunismo e posicionamento são os predicados fundamentais ao bom cabeceador. Geralmente, atacantes e zagueiros são os que mais se destacam no fundamento do cabeceio. Mas nem sempre. No Brasileirão de 2016, no ranking dos jogadores que mais finalizaram com a cabeça aparece em 4ª lugar o meio-campo Cícero, que disputou a competição pelo Fluminense, mas transferiu-se para o São Paulo no início da temporada 2017.

Apesar de ocupar só o quarto lugar em números de cabeceios a gol, Cícero foi o jogador da lista que mais balançou as redes com o fundamento. Foram cinco gols no total. Os atacantes Rafael Moura (Figueirense), Paolo Guerrero (Flamengo) e Kieza (Vitória), nesta ordem, abrem a lista dos “bons de cabeça”. O zagueiro Bruno Rodrigo, do Cruzeiro, aparece na quinta posição.  Confira abaixo como foi o desempenho dos cinco jogadores que mais finalizaram com a cabeça no Brasileirão 2016:  

 

1º- Rafael Moura, Figueirense

O atacante Rafael Moura foi o artilheiro do Figueirense no último Brasileirão, com oito gols marcados. Metade deles foi de cabeça. Ao todo, o atacante finalizou 27 vezes com o fundamento em 29 jogos disputados. Ao lado de Vitor Hugo, do Palmeiras, e Grafite, do Santa Cruz, Rafael foi o segundo jogador que mais marcou gols de cabeça. Para o Brasileirão de 2017, o He-Man vai colocar o seu 1,89m de altura e o bom desempenho na bola aérea a favor do Atlético Mineiro, equipe para qual ele se transferiu no início do ano.

 

2º- Paolo Guerrero, Flamengo

Um dos jogadores mais importantes do elenco rubro-negro, Guerrero cabeceou 22 vezes em direção ao gol e colocou a bola nas redes em três ocasiões. O atacante peruano, no entanto, disputou apenas 21 jogos no Brasileirão 2016, o que lhe dá uma vantagem no rendimento. Guerrero será uma das atrações do Flamengo no Brasileirão deste ano. Atenção zagueirada, abra o olho com o camisa 9 rubro-negro!

 

3º- Kieza, Vitória

O atacante Kieza participou de 35 jogos do Vitória no Brasileirão 2016. Ao lado de Marinho, grande destaque da equipe baiana, Kieza foi responsável por nove bolas na rede na competição. Com a cabeça, foi apenas um. Mas o jogador foi o terceiro que mais finalizou com a cabeça em todo o campeonato: 21 cabeçadas em direção ao gol. O jogador continua no Vitória e vai dar trabalho aos defensores adversários no Brasileirão 2017. 

 

4º – Cícero, Fluminense

Bola aérea é com ele. Apesar de jogar no meio campo, Cícero é muito perigoso neste tipo de jogada. Ao lado de Thiego, da Chapecoense, o jogador foi quem mais fez gols de cabeça no campeonato. A favor do Fluminense, foram cinco bolas na rede, em 21 cabeçadas para o gol em toda a competição. É o melhor desempenho entre os cinco que mais cabecearam. Em 35 jogos, fez um gol a cada 4,2 cabeceios.  O Fluminense de Cícero, em 2016, foi o time que mais finalizou com o fundamento. Foram 103 cabeceios em direção ao gol. Em 2017, Cícero vai colocar o seu poder ofensivo a favor do São Paulo, que o contratou no início da temporada. 

 

5º – Bruno Rodrigo, Cruzeiro

O zagueiro Bruno Rodrigo fecha a lista dos cinco jogadores que mais cabecearam ao gol no último Brasileirão. Assim como Kieza, o jogador só marcou um gol com o fundamento, mas deu trabalho para a defesa adversária em 20 oportunidades.  Durante todo o campeonato, o jogador finalizou 21 vezes, apenas uma não foi de cabeça. O zagueiro se transferiu recentemente para Grêmio e será peça importante no jogo aéreo ofensivo da equipe gaúcha. 

 

O Brasileirão 2017 começa no próximo dia 13 de maio (sábado). Flamengo recebe o Atlético-MG em local a definir, às 16h. No domingo (14), a partida entre o atual campeão Palmeiras e o Vasco da Gama, que subiu da Série B, marcará a abertura oficial do Brasileirão 2017. Um evento especial está programado para marcar a data no Allianz Parque. Saiba Mais!

Tabela completa do Brasileirão 2017. CLIQUE AQUI!  

Leia mais

Nossos patrocinadores